Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

segunda-feira, 31/07/2017

A ´farra´ dos auxílios

O incansável

Desde 17 de maio, quando veio à tona o conteúdo da delação do empresário Joesley Batista (Grupo JBS), o presidente Michel Temer recebeu em seu gabinete 133 deputados, 30 senadores, governadores, prefeitos e dirigentes partidários.

Ele liberou R$ 4,1 bilhões em emendas parlamentares, segundo levantamento do ´Estadão´.

Sem recuo

Secretário de Infraestrutura do Estado e pré-candidato a governador pelo PSB, João Azevedo disse em sua passagem por Campina Grande, no final de semana, que o partido pretende realçar na população “a consciência de que o Estado não pode dar um passo atrás”.

Tocar adiante

“É preciso continuar avançando. E esse avanço, na nossa compreensão, passa pela continuidade do modelo de gestão dos últimos anos”, emendou João.

Parceiros

Particularmente – já ´taxiando´ como pré-candidato -, Azevedo sublinhou que “desde 2005 eu construo esse projeto com o governador Ricardo Coutinho”.

Bilionárias

A nova edição da revista Época informa que as propinas pagas pelo grupo JBS (Friboi), entre 2006 e 2017, chegam a R$ 1 bilhão e 100 milhões.

Garimpo

“Tucano (filiado ao PSDB) é tão indeciso que, se a casa tiver dois banheiros, defeca no corredor”.

Humorista José Simão, do jornal Folha de São Paulo.

Imunizados

Em texto divulgado no final de semana por sua assessoria, Romero Rodrigues (PSDB) declara que “eu e (Luciano) Cartaxo estamos vacinados contra intrigas”.

Beneficiário

A nota segue assinalando que os dois prefeitos têm consciência plena de que a divisão das oposições só interessa ao governador Ricardo Coutinho (PSB).

Leque

“Ao contrário dele (RC) e de seu grupo, as oposições contam com inúmeras alternativas viáveis para o Governo do Estado”, enfatiza RR.

Balizamento

Ainda conforme Romero, “será o trabalho de cada um que vai credenciar, na circunstância certa, o nome mais preparado e forte para concorrer à sucessão estadual”.

´Extra´

Ainda sobre Romero. Na posse do deputado Tovar Correia Lima (PSDB) como secretário de Ciência e Tecnologia, sexta-feira última, o prefeito antecipou que delegará ao novo auxiliar outras “atribuições” além das inerentes à Pasta que passou a comandar.

Da boca de…

“… Não vejo nada demais de o presidente Temer se encontrar com o empresário Joesley (Batista, Friboi) no porão do Palácio do Jaburu (residência oficial da vice-presidência) na calada da noite. Eu mesmo, quando era prefeito, recebia gente no meu quarto, em prol do povo…” (deputado Hildo Horta, PMDB-MA).

 

Avanços

“A Paraíba tem ganhos significativos com o governo do PSB”.

A declaração é de Ricardo Coutinho, propagada no final de semana.

Sem retroceder

Na continuidade de suas palavras, o socialista observou que “no nosso entender a Paraíba não pode perder tudo isso que construiu ao longo desses seis anos”.

Ajuizado

RC insistiu que “é preciso que a Paraíba continue com um governo que tenha juízo, com respeito ao dinheiro público, com respeito às pessoas, com foco e planejamento”.

´Outro bote´

Além de ´assediar´ vários deputados do PSB, a direção nacional do Democratas também tenta atrair parlamentares federais do PSD.

Gilberto Kassab que se cuide!

Prazo

Terminam hoje as inscrições para os interessados em ocupar as três vagas em aberto na Academia de Letras de Campina Grande, duas das quais eram ocupadas pelos poetas Ronaldo Cunha Lima e José Laurentino.

O detalhe

As condições para a inscrição estão detalhadas em edital publicado pela presidência da ALCG.

Tesoura…

Os auxílios concedidos aos servidores públicos federais estão na mira do governo e podem ser os próximos alvos no plano da equipe econômica de podar os gastos com pessoal.

… Na mão

Esses benefícios consumiram R$ 16,6 bilhões no ano passado, conforme reportagem deste domingo, publicada no jornal O Estado de São Paulo.

Alcance

Os auxílios englobam (nos três poderes) ajudas para alimentação, transporte, moradia e assistência médica.

Restrição

A medida em estudo só poderá mexer na parte relacionada ao Poder Executivo (R$ 12,9 bilhões).

Teto

Somente com o auxílio-moradia (no Executivo) o gastou no ano passado foi de R$ 900 milhões.

Percentuais

No Ministério Público da União, os auxílios abocanham 13,51% dos gastos totais.

Esse porcentual é de 10% na Defensoria Pública da União; de 9,85% no Judiciário; e de 6,98% no Legislativo.

Achou pouco?

Outras despesas permanentes que chamam a atenção no orçamento público: adicional de férias do Judiciário (federal), R$ 500 milhões (anual); auxílio-alimentação mensal, R$ 458 (no Executivo); R$ 884 (Judiciário); Tribunal de Contas da União (TCU), R$ 982,10; Senado Federal, R$ 982,28.
Auxílio pré-escolar: no Executivo (federal) R$ 321; no Judiciário, R$ 699; R$ 768,90 no TCU; e R$ 831,19 no Senado.
O TCU tem também o auxílio-transporte de R$ 1.081,73 ao mês.

O que o ´mago´ andou conversando com prefeitos do Cariri?...
Simple Share Buttons