Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 20/11/2018

A culpa é de Zé

Sem filtros

Mesmo com estilo e vocabulário diferentes do ex-presidente Lula, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) vai também modelando o País acerca do seu comportamento (e temperamento) como chefe da Nação, para deleite de alguns e estupefação de outros.

“Vocês sabem que eu não sou economista. E quem ferrou o Brasil foram os economistas, tá certo? Mas eu tenho bom senso e sei o que o povo quer na ponta da linha”, verbalizou ontem.

Tolerância zero

Especificamente sobre a sua equipe de economistas, Bolsonaro disse que “eles são parte importante do nosso plano de governo. Eles não podem errar, não têm o direito de errar”.

Os culpados

O presidente ´rolou a bola´ ao ser indagado sobre a redução no preço do gás de cozinha: “Sem canetaços (…) Mas grande parte depende dos governadores dos estados, que botam o ICMS lá em cima”.

Setorial

Bolsonaro agendou para esta quarta-feira uma reunião com os nove governadores eleitos na região Nordeste.

Passar o…

O prefeito Romero Rodrigues (PSDB-CG) reúne hoje o seu secretariado para as recomendações visando ao “fechamento do ano”.

… Cadeado

A ordem será “segurar ao máximo” as despesas até o final de dezembro, “para poder cumprir os gastos de final de ano” (com pessoal).

No comando

O empresário Marcone Medeiros, da Fecomércio, presidirá o Conselho Deliberativo do Sebrae na Paraíba a partir de janeiro, sucedendo ao presidente da Fiep, Francisco Buega Gadelha.

Preservados

A eleição ocorreu ontem e o restante da direção permanece inalterado: Walter Aguiar (diretor-superintendente), Luiz Alberto Amorim (diretor técnico); e o (ex-deputado) Neto Franca (diretor financeiro).

Calejados

Em sua edição do final de semana, o jornal ´Estadão´ destacou o fato de, na Paraíba, 11 dos 12 escolhidos para a Câmara Federal já terem ocupado algum cargo eletivo antes.

Radicalizou

O mesmo jornal noticiou que o PSB decidiu “fechar questão” contra o projeto Escola Sem Partido nos Estados onde governa.

Da boca de…

“… Jair Bolsonaro ainda é uma esfinge. A campanha eleitoral, ditada pela polarização e pelo discurso raivoso, não permitiu que as suas propostas fossem analisadas em detalhes…” (Hélio Gurovitz, colunista da revista Época).

Sintonia…

O governador eleito João Azevedo (PSB) esteve reunido, ontem, com a equipe de transição para discutir mudanças que pretende promover na atual estrutura administrativa do Estado.

… Fina

Um item que está sendo avaliado pelo socialista é a cogitada possibilidade de reativar o escritório de representação do Estado em Campina.

Por empréstimo

Cogita-se a alternativa de o governo se instalar periodicamente na cidade, mas usando a estrutura de um dos órgãos da administração estadual.

Mais água

O presidente da AESA, João Fernandes, solicitou ontem, através da Rádio Caturité, que a bancada da Paraíba em Brasília reivindique do governo federal o aumento do bombeamento d´água do Rio São Francisco para a calha do Rio Paraíba, diante da conclusão dos serviços feitos em duas barragens que estão no percurso (Camalaú e Poções).

Situando

Atualmente, o bombeamento está limitado a aproximadamente 2 metros cúbicos (2 mil litros) por segundo.

Pra valer

Do ponto de vista operacional, o Sistema São Francisco ainda se encontra em estágio de testes.

Somente a partir de meados de 2019 passará a funcionar de forma regular – e remunerada.

Muitas histórias

O deputado estadual (reeleito) Manoel Ludgério (PSD) é o entrevistado de hoje à noite no programa ´Ideia Livre´ da TV Itararé, que nesse período de horário de verão começa às 21h15.

Canal 18.1 (HD) e 19 (analógico), ou através do endereço eletrônico www.tvitarare.com.br

Da boca de…

“… Um conselheiro como Ricardo (Coutinho) é algo que vale muito a pena…” (Ana Cláudia Vital do Rêgo, suplente de deputada federal pelo Podemos).

Mosqueteiros

O prefeito Luciano Cartaxo (PV-JP) vai promover uma reforma em seu secretariado para propiciar a reintrodução de três de seus principais correligionários: Zennedy Bezerra (Secretaria de Articulação Política e Gestão); Geraldo Amorim (Segurança e Cidadania); e Diego Tavares (previdência municipal) – todos disputaram as eleições deste ano.

O dono…

Como presidente do PV/PB, Cartaxo informou ontem, em entrevista, que o partido está assumindo as despesas ainda não pagas da campanha de Lucélio Cartaxo a governador.

… Da conta

“Essa dívida vai ser absorvida pelo partido. O PV nacional já se posicionou em relação a isso para que a gente possa ter a tranquilidade de cumprir com todas essas obrigações e poder fazer com que se avance cada vez mais na construção do PV na Paraíba”, assinalou Cartaxo.

“A dívida não é do candidato, ela fica com o partido”, reforçou.

Situando

A campanha de Lucélio contratou R$ 2.550.139,58 em despesas e pagou R$ 1.322.910,14.

Saldo devedor de R$ 1.227.229,44.

Divisão fatal

Ao se reportar novamente ao insucesso eleitoral deste ano, Luciano afirmou que “sempre defendi a unidade das oposições. A oposição só veio decidir no ano da eleição e com duas candidaturas: a de Lucélio e a de Zé Maranhão. Se a gente tivesse uma candidatura unificada, teríamos uma perspectiva bem melhor do que tivemos”.

 

Cadê Lucélio Cartaxo?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube