Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 19/09/2017

A cota de Ciro transbordou

À sombra dos pampas

Na semana passada, em meio à ebulição relativa à semana final de Rodrigo Janot na Procuradoria Geral da República; ao novo depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro; e às surpresas inerentes à delação (e prisão) dos donos da JBS, passou ao largo o julgamento (inconcluso) no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre (RS), dos recursos do ´ex-superministro´ José Dirceu (PT) e do ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, contra as condenações por parte do juiz Sérgio Moro.

 

Majoração

O relator do processo, desembargador federal João Paulo Gebran Neto, aumentou de 9 para 40 anos a pena do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Cumulativos

Ele aplicou a tese de ´concurso material´, segundo a qual crimes de mesma natureza deixam de ser considerados um só e passam a ser somados.

Outro destino

Vaccari havia conseguido se livrar da pena aplicada por Moro em outra ação, mas nessa o caldo entornou.

Situando

No processo em apreciação, ele é acusado de ter intermediado para o PT  “ao menos R$ 4,26 milhões de propinas acertadas com a Diretoria de Serviços e Engenharia da Petrobrás pelo contrato do Consórcio Interpar”.

Duplicação

No caso de Dirceu, João Pedro Gebran Neto votou pelo aumento da pena do petista para 41 anos e 4 meses, contra 20 anos de cadeia aplicados por Sérgio Moro.

Imortal

O professor José Mário da Silva (UFCG) foi eleito para a Academia de Letras de Campina Grande.

Ele será o titular da cadeira 16 que era ocupada pelo ex-governador e poeta Ronaldo Cunha Lima.

Divórcio

O Partido Comunista do Brasil decidiu que terá candidatura própria a presidente, caso Lula não esteja na disputa.

Nova visita

O governador Ricardo Coutinho (PSB) entrega hoje, às 10h, a segunda etapa da implantação do sistema de radiocomunicação digital na região de Campina Grande, abrangendo 30 municípios.

Será no auditório da FIEP.

Da boca de…

“… Ninguém esteja acima da lei e ninguém esteja abaixo da lei (…) O povo não tolera corrupção…” (Raquel Dodge, nova procuradora geral da República, que tomou posse no cargo ontem).

Delegação

Papa Francisco – sempre ele – decidiu conceder às conferências episcopais (no nosso caso, a CNBB) a incumbência de adaptar os livros litúrgicos, que são usados nas missas, nos casamentos e nos batizados.

Controle

Atualmente, esses textos eram produzidos no Vaticano e apenas traduzidos pelas conferências episcopais.

Crise em debate

O professor Leon Victor, da Coordenação de Mestrado em Ciência Política da UFCG, é o entrevistado de hoje no programa ´Ideia Livre Política & Economia´, que começa às 22h15 na TV Itararé – canal 18.1 (HD) e 19 (analógico), como também pela internet – www.tvitarare.com.br

 

Liga

Luciano Cartaxo reiterou que “devemos manter, preservar e ampliar a unidade das oposições”.

Auscultar

Para o prefeito pessoense, “o segredo (da unidade) é ouvir o povo. Ninguém pode fazer politica sem ouvir a população”.

Elástica

“Vamos formar uma chapa forte, competitiva e vitoriosa”, prometeu Cartaxo, realçando que na chapa “cabe todo mundo, mas a prioridade é o interesse público”.

O ´coração´ e…

O deputado Damião Feliciano, timoneiro do PDT na Paraíba e esposo da vice-governadora Ligia Feliciano, não fechou a porta para eventuais entendimentos com a oposição.

… A ´voz da razão´

“Eu não descarto conversa com ninguém. Estarei aberto ao diálogo com todos. Nas eleições passadas quem diria que Cartaxo estaria conosco, e não foi feita a aliança? O PMDB saiu e agora está junto do governador outra vez. Nós não podemos definir nada agora e nem dizer que não podemos conversar. Não podemos dizer dessa água não beberei”, argumentou Damião, ontem, em entrevista, dada em João Pessoa.

Prazo de…

O deputado declarou ainda que a aliança com Ricardo Coutinho está estabelecida até dezembro de 2018.

… Validade

“Até lá nós somos governo. Lígia é vice-governadora ao lado de Ricardo. Qualquer outra coisa que se fale está fora de cogitação”, adendou.

Faz parte

“Isso é apenas mais um jogo político”, minimizou o secretário e pré-candidato a governador pelo PSB João Azevedo sobre o que disse Damião.

Explode…

O ex-ministro e presidenciável Ciro Gomes (PDT) mudou o tom com relação ao ex-presidente Lula (PT): “Não é possível insultar a inteligência do povo brasileiro e manter essa mesma narrativa (de perseguição política)”.

… Coração

Segundo ele, a narrativa de Lula fez com que a população perdesse a confiança nos partidos de esquerda. “Eu não falo isso sem dor no coração”, lamentou.

Indigerível

“Nós estamos ferindo de morte a narrativa central de que ainda dava a nós alguma respeitabilidade na opinião pública progressista brasileira, que é a ideia de que o Brasil está sob um golpe de Estado. Como é que eu posso então assistir (dias atrás) o Lula abraçado com Renan Calheiros (PMDB-AL), que era senador e votou pelo impeachment?” – indagou Ciro.

Disputa irracional

Sobre a eventual candidatura de Lula em 2018, o ex-ministro comentou que “o ambiente de ódios e paixões tira qualquer chance de o País ter um minuto de discussão sóbria do seu futuro”.

O PP boicotou a festa de José Maranhão?...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube