Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 10/08/2017

A briga não está racionada

Sabedoria secular

O filósofo inglês Thomas Hobbes, lá pelo século XVI, formulou uma frase que – lamentavelmente – ganha crescentes contornos de atualidade: “O homem é o lobo do homem”.

Ou seja, o homem é o maior inimigo do próprio homem.

Incontrolável

A busca ensandecida – e desesperada – pela audiência televisiva aqui no Estado, como de resto em várias partes do Brasil, não tem respeitado valores, limites, muito menos sentimentos.

À luz do sol  

No dia de ontem, um novo capítulo de pura insensibilidade.

Uma cena crua, deplorável, desumana.

Ocaso

Um jovem campinense deixou a escola na qual estudava, no bairro do Cruzeiro, e em trágica fatalidade bateu com a motocicleta que conduzia num ônibus, vindo a óbito.

Hora do almoço

Instantes depois, uma emissora de TV local interrompeu a sua programação para um ´flash´ (reportagem) ao vivo.

Na imagem fria, um rastro de muito sangue e um corpo estirado na avenida já sem vida.

Indignação

Diante de todos os que assistiam, a revolta de um parente do garoto com a propagação das cenas de uma tragédia familiar ainda sob o impacto da surpresa.

Barreira

Visivelmente desesperado, o parente do estudante se posta entre a câmera e o corpo, num gesto até desesperado de respeito a quem a morte tragou ainda no esplendor da adolescência.

Apelo

Como a filmagem não cessava, o anônimo protagonista de um enredo que não escolheu se volta para a câmera e pede que a filmagem seja interrompida, numa indireta súplica de respeito, algo que deveria ser óbvio.

Ato final

A repórter responde que apenas está fazendo o seu trabalho, coroando a torrente de insensibilidade.

Horizonte

Que destino estamos almejando chegar (ou conquistar) nessa marcha batida rumo à barbárie civilizatória?

Não tenho resposta precisa, até porque as fronteiras do desatino são periodicamente ultrapassadas.

Como resolver

O que dá para inferir é que a barreira de contenção mais eficaz terá que se originar do público e dos anunciantes, tendo também em vista que qualquer telespectador está passível de virar compulsório ator de uma desgraça pessoal – ao vivo e a cores.

Sobriedade

O fenomenal William Shakespeare dizia que “todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente”.

Falta (genericamente) a setores da mídia a assimilação de elementares noções de respeito a essa obra divina chamada ser humano.

Pé no…

De forma surpreendente, o deputado paraibano Efraim Filho, líder do Democratas na Câmara Federal, declarou ontem na Globonews que o partido (da base governista) não concorda com a colocação em pauta da reforma previdenciária.

 

… Freio

“É hora de o governo ter humildade e saber trabalhar com a base que saiu da votação da denúncia (contra Temer). O que dá para votar agora é matéria com quórum simples. Não é o caso da Previdência”, afirmou Efraim.

Sustado

Por 8 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal deliberou pela não inclusão de reajuste salarial para os ministros na proposta orçamentária de 2018.

O detalhe

Votaram contra os ministros Luís Fux, Marco Aurélio de Mello e Ricardo Lewandowski (sempre ele).

 Feito à ordem

Durante a sessão, a sobriedade habitual do decano (mais antigo) da Corte, Celso de Mello: “Não podemos desconhecer a grave crise fiscal que afeta o nosso País, o impressionante volume do déficit global existente, a superveniência de circunstâncias que modificaram drasticamente o panorama do nosso País, a alta preocupante da taxa de desemprego, que tanto sufoca e oprime cidadãos desta República”.

Balas trocadas

Em entrevista dada ontem, em João Pessoa, o governador Ricardo Coutinho (PSB) reagiu duramente às críticas que a oposição em Campina Grande fez à decisão governamental de suspender o racionamento d´água no próximo dia 26.

Veja um resumo do que ele disse.

Oposição     

“Não entende disso (abastecimento d´água) e fica dando palpite absurdo; palpite partidarizado.

Filtro

“Deveria ter uma cláusula de barreira para políticos incompetentes ou ineficientes. A gente se livraria de muita gente que só quer o péssimo para população; que aposta no quanto pior, melhor.

Decisão

“Campina está saindo do racionamento porque (Boqueirão) está saindo do ´volume morto´. É por conta disso! E a água que sai para abastecer Campina e todas as cidades do entorno é inferior à (quantidade) que está entrando.

Solicitação

“Portanto, tecnicamente, a cidade está adequada para sair do racionamento. Tanto é que o prefeito de Campina (Romero), há dois meses, cobrava a saída do racionamento. E não fizeram esse tipo de comentário.

Politização

“A oposição não entende absolutamente nada, a não ser querer politizar tudo. E o pior: o que eles queriam é que a cidade ficasse em racionamento até sempre, porque eles não pensam no povo, mas nas eleições.

Visita de Lula

“Se o ex-presidente vem à Paraíba este mês, neste caso, pouco me interessa. O resto é choro de incompetente ou então de setores da própria mídia, articulados com a política”.

“Peço a Deus”

Ainda o governador: “Eu tenho pena desse povo. Eu peço a Deus que dê vida longa a esse tipo de gente, porque o maior castigo é eles terem que aplaudir quem tem compromisso com o povo e pode fazer as coisas acontecerem”.

– A saída do racionamento é uma ação eminentemente técnica – reafirmou.

Qual a distância política atual entre Cássio e Romero?...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube