Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 23/07/2020

A ´bifurcação´ dos prefeitos

Torniquete

O Judiciário, através da juíza Michelini de Oliveira Dantas Jatobá, da Comarca de João Pessoa, acatou ontem mais uma representação do Ministério Público da Paraíba contra o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e ex-auxiliares mais próximos.

O encadeamento de processos contra RC aponta que muito provavelmente ele não disputará a Prefeitura de João Pessoa este ano, apesar de permanecer elegível.

Situando

Trata-se do capítulo da Operação Calvário que diz respeito ao (presumível) recebimento de uma propina de R$ 900 mil do empresário Daniel Gomes da Silva, ´dono´ da organização social Cruz Vermelha Brasileira (CVB-RS), que administrava o Hospital de Emergência e Trauma Humberto Lucena, em João Pessoa.

Repasse

O dinheiro teria sido entregue (em 2018) dentro de uma caixa de vinho, em um hotel de Copacabana (RJ), a um ex-assessor (Leandro) da ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias.

´Regra três´

Não por acaso, o jornal Folha de São Paulo publicou esta semana uma reportagem citando o nome de Amanda Rodrigues – ex-secretária de Finanças do Estado e atual esposa de Ricardo – como a provável candidata socialista à PMJP.

A céu aberto

Dados da Pesquisa Nacional de Saneamento Básico do IBGE – com base nos dados coletados em 2017 e agora tabulados totalmente: dos 5.570 municípios brasileiros, 2.270 (39%) não possuem serviço de esgotamento sanitário por rede coletora.

Tradução

Dito de outro jeito: cerca de 40% das cidades não possuem rede coletora de esgoto.

O percentual de cidades sem o tratamento devido para o esgoto coletado é bem maior.

Revide

O presidente do PT em Campina Grande, professor Hermano Nepomuceno, ´espanou´ na direção do prefeitável Artur Bolinha Almeida (PSL), devido às críticas deste ao Fórum Pro-Campina, que reúne legendas listadas como de esquerda.

Farpas

O prefeitável teria reprovado a postura do Fórum quando do fechamento total do comércio local – no começo da pandemia – e rotulado os seus membros como ´um grupo de ateus´.

´Novo apóstolo´

“Esse tipo de ataque gratuito não contribui com nada. Ele (Bolinha) se considera dono de Deus, dono de uma religião, pra dizer quem é ateu e quem é crente? Quem lhe deu essa autoridade? Ele baixou o Espírito Santo para sair distribuindo agora? É ele o novo apóstolo, ele quer ser o 13º apóstolo?” – despejou Hermano.

´Carão´

O dirigente petista foi além: “Ele (Bolinha) precisa respeitar as pessoas, respeitar a diversidade religiosa garantida pela Constituição. Essa é uma conquista civilizatória, e não adianta usar religião pra fazer politicagem”.

Garimpo

Informação veiculada ontem no jornal O Globo: “O Brasil tem, neste momento, 12 estados com tendência de alta: Amapá, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Tocantins”.

Quer disputa

Presidente da Executiva do Cidadania em João Pessoa, o vereador Bruno Farias informou ontem que essa instância partidária esteve reunida esta semana, e que 90% dos participantes defenderam a tese da candidatura própria.

Opções

Ato contínuo, dois nomes foram apontados: o do próprio Bruno Farias e o do vereador Léo Bezerra.

O ´antagonista´

Bruno segurou as rédeas: a decisão final cabe ao governador João Azevedo, que já renovadamente externou a sua aversão à candidatura própria na capital, devido às circunstâncias eleitorais atuais.

Salseiro…

O vereador Sargento Neto (PSD) entoou ontem o discurso da candidatura própria a prefeito de Campina Grande.

… Na base aliada

“Nós queremos um candidato do nosso partido. É uma questão de lógica, pois tanto ganha o grupo como os vereadores e o voto de legenda. Isso sim se chama coerência. Nós temos um nome forte, que é o Bruno (Cunha Lima). É um nome forte em Campina; que se fortalece a cada dia, não pelo sobrenome, mas pela capacidade dele”, verbalizou o vereador.

Agregado

Nessa reta final de articulações, Bruno anunciou ontem o apoio do Republicanos (antigo PRB) à sua postulação.

Em perigo

Uma ação indenizatória que tramita na 4ª Vara da Justiça do Trabalho em Campina Grande poderá ´amputar´ do Treze Futebol Clube um pedaço da área onde está localizado o estádio Presidente Vargas, bairro São José.

Sem clorofila

Presidente estadual do PSD no Estado, o prefeito Romero Rodrigues (CG) praticamente está descartando uma aliança em João Pessoa com o Partido Verde do prefeito Luciano Cartaxo.

Vereda aberta

O leitor habitual de APARTE há de recordar que há meses esta Coluna tem periodicamente registrado o crescente fosso entre os dois aliados na disputa para governador em 2018.

Campo de alianças

Nas declarações que deu, no dia de ontem, sobre composições eleitorais, Romero comentou que “dentro da complexidade” existente “para se decidir em João Pessoa, fui procurado pelo MDB, pelo Progressistas, com Cícero Lucena”.

– Tenho uma relação muito boa também com Wallber Virgolino (deputado estadual e prefeitável do Patriota), que veio a Campina conversar comigo. Eu tenho amizade com Ruy Carneiro, que é pré-candidato (pelo PSDB) e esteve comigo conversando. Dentro desse conjunto de pessoas que citei, temos uma boa relação. No caso do PSD, a probabilidade é em torno destes nomes que citei – discorreu o prefeito, delimitando as alternativas que avalia.

Cássio vai ´botar o dedo´ na sucessão campinense?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube