Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 03/12/2020

A ´bela´ desgarra do partido

Na ´pole´

De acordo com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), a empresa Energisa Borborema (que atende Campina Grande e mais cinco cidades paraibanas) tem atualmente a tarifa mais barata de energia elétrica do Brasil.

Nunca…

Começou esta semana no STJ (Superior Tribunal de Justiça) um julgamento que decidirá pelo parcelamento de uma dívida que pode superar 2.000 anos de prazo.

… Antes

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o caso envolve a F’NA E-Ouro Gestão de Franchising e Negócios, que tem uma dívida acumulada de R$ 1,2 bilhão com o estado do Rio de Janeiro pela falta de pagamento de ICMS de 2011 a 2013.

Zero

O prefeito eleito Bruno Cunha Lima (PSD-CG) não pretende corrigir os valores do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) em 2021.

Outra lista

Um dia após o seu sucessor (Cícero Lucena), o prefeito pessoense Luciano Cartaxo (PV) apresentou ontem os nomes que indicou para a chamada ´equipe de transição´.

Legado

Cartaxo realçou que deixa a PMJP com salários e precatórios em dia, fornecedores pagos, dívidas previdenciárias equacionadas e despesa com pessoal de acordo com o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), além de recursos em caixa da ordem de R$ 354 milhões.

Quem são

Indicados para a ´transição´: Lauro Montenegro (secretário de Administração);
Adalberto Fulgêncio (secretário de Saúde); Ubiratan Pereira (secretário de Transparência); Sérgio Barbosa (secretário de Finanças); Roberto Wagner (secretário de Planejamento).

Mais

Abelardo Jurema (secretário de Meio Ambiente); Adelmar Azevedo Régis (Procurador-Geral do Município); e Hidelvânio Macedo (secretário de Gestão Governamental e Articulação Política).

Cá entre nós

A sensação é que existe um pouco de exagero nessa questão da transição em João Pessoa.

Somadas as indicações de Cícero e de Cartaxo, chegamos a quase duas dezenas de integrantes da ´transição´.

´Se me chamar…

Na parte política de suas declarações de ontem – quebrando um ´jejum´ retórico de muitos dias -, Luciano admitiu que o seu nome está à disposição para disputar um mandato em 2022.

… Eu vou´

“Energia, disposição e capacidade de trabalho, eu posso dizer que eu acumulei esses anos. Não é uma prioridade, mas é uma possibilidade, sem dúvida”, salientou.

Sem carbono

O vereador (reeleito) Bruno Farias (Cidadania)está liderando um grupo formado (segundo ele) pela maioria dos parlamentares da nova legislatura, visando barrar candidatura de quem já exerceu o cargo de presidente da Câmara de João Pessoa.

 

Rotatividade

Farias argumenta que a presidência do Legislativo é um espaço de alternância, em respeito e obediência ao princípio democrático e republicano.

Rodízio

“O que é mais importante, é que de maneira muito madura nós decidimos que serão dois nomes escolhidos, porque a nossa intenção é fazer os dois biênios com vereadores distintos como ocorreu na última eleição”, acentuou Bruno.

Presidenciáveis

Além de Bruno Farias, Tanilson Soares (Avante), Dinho (Avante), Damásio Franca (PP) e Bosquinho (PV) sinalizam a intenção de presidir a ´Casa de Napoleão Laureano´.

Cadeira cativa

Ato do governador João Azevedo, publicado na edição de ontem do Diário Oficial do Estado, reconduziu a ex-prefeitável campinense Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos) para o comando da Secretaria de Desenvolvimento e da Articulação Municipal.

Ah sim!

Coluna, edição do último dia 17 de novembro: “Ex-prefeitável de volta ao ´Diário Oficial do Estado´…”

Em Aparte…

Flash

O vereador pessoense (reeleito) Marcos Henriques disse que apoiou o prefeito eleito Cícero Lucena (PP) no 2º turno, mas fará oposição à sua gestão a partir de janeiro.

Pontual

“Eu nunca fico em cima do muro e nem tomo decisões dúbias. Como não era pra votar em Nilvan (Ferreira, MDB) e eu não voto nulo, fiz um documento com algumas categorias de trabalhadores que foi apresentado a Cícero, no qual condicionei meu voto em prol da classe trabalhadora. Com isso, ele teve meu apoio, mas no mesmo documento tem dizendo que seria oposição”, explicou o petista.

Nada…

Em entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa, a senadora Daniella Ribeiro (PP) afirmou que segue fazendo oposição à gestão do governador João Azevedo (Cidadania).

… Mudou

“Em nenhum momento estive no mesmo palanque e toda campanha na história da Paraíba teve a sua particularidade dentro dos municípios”, assinalou a senadora.

´Vai que é tua, Cícero´

Ainda conforme Daniella, Cícero “recebeu apoio do governador, mas continuo na mesma posição com relação à questão do governador. Cícero é dos Progressistas, nosso partido, demos todo apoio a ele. Mas em nenhum momento me fez estar sendo base de apoio do governador”.

Voo solo

A imprensa nacional divulgou ontem que Daniella “foi na contramão de seu partido” e declarou apoio à reeleição de David Alcolumbre (DEM-AP) para a presidência do Senado.

“Como senadora e vice-líder do Progressistas, quero manifestar o meu apoio integral à reeleição de David Alcolumbre, por entender que a tese da reeleição na democracia brasileira está consolidada”, afirmou a paraibana em nota divulgada no ´Estadão´.

Como está a relação política governador/vice-governadora?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube