Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 08/06/2019

A ´arma´ da educação

Mobilização

Na sua passagem ontem por Campina Grande – com direito a chapéu de couro e arrasta-pé -, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) disse que está confiante acerca da aprovação da reforma previdenciária: “Estamos trabalhando para isso”.

E emendou: “Estamos comprometidos com as reformas para impulsionar o Brasil para um momento de momento de crescimento, de geração de emprego e renda, e diminuição das desigualdades”.

Fundamental

À ótica do senador, “a reforma da Previdência é um passo gigante para nós equilibrarmos as contas do Estado brasileiro e darmos condições para que investidores de outros países posam investir no Brasil”.

Etapa

“O Senado tem a consciência dessa matéria. A reforma é o primeiro passo no sentido de darmos segurança e tranquilidade jurídica”, enfatizou o senador.

Está acima

Ainda acerca da conjuntura nacional, o presidente do Senado afirmou que “vamos enfrentar as reformas com seriedade, falando a verdade ao povo brasileiro. O Brasil não é o governo, nem esse governo. O Brasil precisa dessa reforma”.

Sem…

Davi Alcolumbre colocou um ´balde de gelo´ no tocante à possibilidade de prorrogação dos mandatos de prefeitos e vereadores no ano que vem.

… Jeito

“Não está em pauta a prorrogação dos mandatos. As pessoas foram eleitas para um mandato determinado. Esperamos que se essa mudança acontecer, que ela comece a valer para um período mais à frente”, discorreu o senador.

Projeção

Na solenidade para o anúncio da instalação em Campina de uma superintendência regional da Caixa Econômica Federal, Davi prognosticou que “será um marco no desenvolvimento dessa região da Paraíba”.

Pra já

Na mesma ocasião, o presidente da CEF, Pedro Duarte Guimarães, antecipou que “daqui a poucos dias teremos outro anúncio relevante para a cidade”.

Torcida

Presente ao evento, o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) – membro do cognominado ´Centrão´ na Câmara Federal – disse que “sou dos que torcem para que o presidente Bolsonaro seja bem sucedido”.

Ainda segundo Ribeiro, “vivemos um momento” que requer “união nacional, e não incitação”.

Demarcação

A senadora Daniella Ribeiro (PP) tem renovadamente afirmado que “certamente o PP terá candidato sim em Campina Grande e João Pessoa” nas eleições do ano que vem

Jogou a…

Em entrevista, o deputado e líder do MBL (Movimento Brasil Livre), Kim Kataguiri (DEM-SP), declarou que perdeu as esperanças no governo de Jair Bolsonaro.

… Toalha

“Acho difícil (a correção de rumos). Acho que passou do ponto de tensão. Ou a gente tem um parlamentarismo branco em que o presidente vira uma rainha da Inglaterra ou a gente passa por um processo de impeachment dependendo da votação do crédito suplementar”, avaliou Kim.

´Imortal´

O empresário Roberto Cavalcanti foi eleito ontem como o novo integrante da Academia Paraibana de Letras.

Ele obteve 28 votos; o ex-senador Ney Suassuna dois; e o escritor Germano Romero cinco.

Na ´Borborema´

Igualmente ontem foram eleitos quatro novos integrantes para a Academia de Letras de Campina Grande: historiador Thomas Bruno Oliveira; advogado e escritor Thélio Farias; jornalista e professor Jurani Clementino; e a escritora Maria Valéria Xavier).

O detalhe

Na apuração, houve um empate na disputa de uma das cadeiras entre Valéria e o jornalista e escritor Hélder Moura, que posteriormente anunciou a decisão de não disputar o turno suplementar de desempate.

Da boca de…

“… É uma das melhores versões, se não a melhor, dos últimos tempos…” (deputado Ricardo Barbosa, líder do governo na Assembleia Legislativa, sobre o Maior São João do Mundo deste ano).

Sábado é dia de poesia

“…Como se fosse transmissão de pensamento/ Você ligava pra mim, eu tava pensando em você/ Diga onde foi que eu errei, aonde vacilei, fiquei de fora/ Se foi tudo uma ilusão/ Me dá meu coração/ Que eu vou embora” (Santana, que se apresentou na 1ª noite do Maior São João do Mundo).

Garimpo

Leia trechos da coluna de estreia do ex-governador Ricardo Coutinho na revista Carta Capital.

Aferição

“Talvez as melhores métricas para avaliar um gestor público sejam sua capacidade de interpretar as reais necessidades da população a que serve – em escala nacional, estadual ou municipal – e o trabalho que se dispõe a realizar, no sentido de atendê-las integralmente, mesmo que isso signifique desenvolver projetos de prazo mais largo do que um único mandato.

Dedução

“A interpretação do cenário político atual, visto a partir dessa concepção simples, mostra as razões pelas quais o Brasil se avizinha rapidamente de uma situação desastrosa, que precisa ser revertida o quanto antes.

Deu as senhas

“O governo Bolsonaro, no que se refere a quadros, disse desde cedo a que veio. Escolheu precocemente um ultraliberal para o Ministério da Economia, engatando o país em mais uma aventura que associa a devoção ao mercado a uma agressiva desconstrução das políticas públicas – a Argentina de Macri mostra de forma exemplar, a que cenários se pode chegar com isso.

MEC

“No outro extremo da composição da equipe do governo, a definição tardia e desastrada para o Ministério da Educação. Se pensarmos que as prioridades são refletidas pelo ordenamento e importância das ações, veremos sem grande dificuldade qual é o imaginário que move esse governo”.

Espinha dorsal

Ainda Coutinho: “Damos voz com essa luta aos jovens, e a um país que só poderá ser construído com um genuíno sentimento de brasilidade. É em nome desse país pujante, justo, inclusivo, democrático, que se deve transformar a defesa da educação pública no principal eixo de oposição ao governo Bolsonaro: é justamente esse o fio que desfaz todo o novelo do desatino que afronta o Brasil”.

O parque vai gradualmente ficando distante do povo...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube