Arimatéa Souza

quinta-feira, 26/11/2020

´3º turno´ em CG

Como é?

Eis o que escreveu no Twitter o escritor Olavo de Carvalho, uma espécie de ´guru´ da família Bolsonaro:

“Bolsonaro: Se você não é capaz nem de defender a liberdade dos seus mais fiéis amigos, renuncie e vá para casa antes de perder o prestígio que em outras épocas soube merecer.”

Encaminhamento

Ainda sobre o ´capitão´. Ele foi perguntado ontem sobre a possibilidade de nova prorrogação para o auxílio emergencial.

“Pergunta para o vírus”, respondeu.

Sem guarda-chuva

Dados divulgados ontem pelo IBGE apontam que 64,4% dos brasileiros não possuem planos de saúde.

Garimpo

O prefeito eleito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), foi o entrevistado na noite de terça-feira no programa Ideia Livre da TV Itararé (canal 18.1).

Leia a seguir algumas de suas declarações.

Equipe

“Sempre prezo pela tecnicidade. Áreas de prestação de serviços essenciais, como Saúde, Educação, Assistência Social e Planejamento são absolutamente inegociáveis do ponto de vista político, sem que se tenha a tecnicidade.

Etapa atual

“O processo de escolha (dos auxiliares) já iniciei. Mas de convite ainda não. Estamos primeiro cuidando da transição.

2º turno em JP

“Dedicação exclusiva a Campina Grande. Os desafios são muitos.

Traço pessoal

“Uma das minhas marcas fazendo política é respeitar as posições divergentes. Sou um homem de espírito desarmado.

Sem fronteira

“Em nome do interesse de Campina vou bater na porta das autoridades necessárias, sem nenhum receio. Em favor dos interesses da cidade, é natural que eu dialogue com todos. Minhas posições políticas são muito claras. Vou sim solicitar audiências ao governador e ao presidente da República.

Retomada

“Eu espero, como prefeito e como cidadão de Campina Grande, que a cidade seja reinserida no mapa político e administrativo da Paraíba. Há 10 anos Campina não tem um único convênio com o Estado. Isso é muito simbólico.

Eleição na Câmara

“Eu tenho sempre tido a posição de prezar pela independência dos poderes. O único apelo que tenho feito é que se forme uma mesa que seja parceira para a governabilidade da cidade.

Conceito

“Eu não gosto de dividir a política entre nova e velha, como se algo que fosse velho fosse sempre ruim, e tudo que novo seja bom. Gosto de separar entre o que é bom e o que é ruim. A boa política soma, agrega.

Ivandro…

“90 anos de idade, 100% lúcido. Saudável. Antes de ter uma relação de avô, a nossa relação sempre foi muito mais de pai. Nasci e cresci na casa dele. Eu brinco dizendo que era o menino de recado, colado na barra da calça dele. E foi essa conivência que me fez gostar de política, apesar de toda a família discordar de minha entrada na política.

… Cunha Lima

“Citando o padre (e escritor) Antonio Vieira, ele (Ivandro) me ensinou muito mais com os exemplos do que com as palavras (…) Isso para mim é uma responsabilidade muito grande: ser medido e pesado pela balança dele.

Sinais de…

(…modernização) “Já nos primeiros dias (…) Vamos começar pela Secretaria de Obras.

2022

“Fico feliz quando vejo o nome do prefeito Romero Rodrigues sendo ventilado para disputar o governo. Ficarei feliz e satisfeito em poder participar disso.

Profissão de fé

“A minha dedicação integral e exclusiva nos próximos anos será para Campina Grande”.

´Produtividade´

O PP (Progressistas) teve a maior taxa de eficiência nas eleições deste ano.

A sigla elegeu 46,4% de todos os seus candidatos a prefeito.

Fila

Segundo levantamento do site ´J´, o MDB teve eficiência de 40,9%, DEM (40,8%), PSD (40,7%) e PSDB (40,2%).

´Repescagem´

No outro extremo, o PT só conseguiu eleger 14,6% de todos os seus candidatos a prefeito; e o PSL 12,9%.

Projeção

Há poucos dias, o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP) disse que o processo sucessório na Câmara Federal só seria deflagrado após o segundo turno das eleições municipais.

Sem travar

“O que tenho defendido é que tenhamos a responsabilidade com a pauta do Brasil. É isso que tenho defendido: não atravancar a pauta que precisa ser votada. Essa condução vai ser muito bem feita pelo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ)”, acrescentou Aguinaldo.

Aliados

Mas ontem o processo foi publicamente antecipado: os presidenciáveis próximo a Rodrigo Maia estiveram reunidos em Brasília: do MDB, Baleia Rossi (SP); do Republicanos, Marcos Pereira (SP); do PSL, Luciano Bivar (PE), além dos deputados Aguinaldo Ribeiro, Marcelo Ramos (PL-AM) e Elmar Nascimento (DEM-BA).

Convergência

O traço comum no grupo acima é o discurso de independência em relação ao presidente Bolsonaro e o contraponto à candidatura de Artur Lira (PP-AL), apoiado pelo governo.

Tempo ao…

O ex-prefeitável Artur Bolinha Almeida (PSL-CG) só decidirá no começo de 2021 se disputará outro mandato eletivo.

… Tempo

Se a inclinação for positiva, a tendência é postular um mandato de deputado estadual em 2022.

Contestação

O vereador (não reeleito) Pimentel Filho (PSD), que ficou na 1ª suplência, pretende contestar os procedimentos eleitorais de três legendas em Campina Grande: Democratas, Solidariedade e Pros.

Ou seja, o questionamento envolve os vereadores eleitos ´Dinho Papa-Léguas´ e Waldeny Santana (DEM), Saulo Noronha (SD) e ´Rui da Ceasa (Pros).

Bolsonaro terminará o mandato?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube