Secretário explica falta de determinados medicamentos na Paraíba

Da Redação. Publicado em 10 de julho de 2021 às 11:06.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, afirmou que a maioria dos medicamentos distribuídos pelo Cedmex são enviados pelo Ministério da Saúde e o Estado segue todos os trâmites para ser apenas o distribuidor.

Ele disse que muitas das demandas judiciais destinadas ao Estado na realidade pertencem ao Governo Federal ou aos municípios.

Ele destacou que medicamentos como a Hidroxicloroquina tem sido alvo de um consumo exagerado para “uma atitude terapêutica inadequada” em relação a casos da Covid-19.

De acordo com Geraldo, o uso inadequado de certos medicamentos acarretou no aumento do valor e na falta dos medicamentos para os fins que são recomendados, como no caso da Hidroxicloroquina, as doenças reumáticas.

– Por conta de um desvirtuamento e atitude terapêutica inadequada, falando que a hidroxicloroquina teria efeito na condução do tratamento do novo coronavírus, houve um consumo exagerado e aí os laboratórios direcionaram para vender às farmácias mais caro, do que vender em processo licitatório ao Ministério da Saúde – disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube