Sebrae abre inscrições para Prêmio de Educação Empreendedora

Da Redação com Ascom. Publicado em 20 de julho de 2021 às 18:22.

Estão abertas as inscrições para a segunda edição do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora.

A premiação, que tem o objetivo de promover e disseminar a educação empreendedora no ambiente escolar, teve a versão 2020 adiada para este ano em decorrência da pandemia do coronavírus (Covid-19).

As inscrições podem ser efetuadas até o dia 10 de setembro por professores de todo o país através do site https://premiosebrae.prosas.com.br/.

A iniciativa visa estimular e reconhecer as melhores práticas de professores do ensino fundamental, médio, superior e técnico, em todo o país, valorizando os trabalhos dos profissionais mais engajados.

Conforme a gerente da Unidade de Educação Empreendedora do Sebrae Paraíba, Humara Medeiros, o prêmio reforça as histórias de empreendedorismo de professores do ensino básico e superior que, no último ano, teve uma participação ainda mais significativa na vida dos estudantes, ressignificando seus papéis durante o período pandêmico.

“O prêmio vem justamente para que possamos conhecer essas histórias e fazer com que as pessoas possam valorizar ainda mais o papel do professor na educação empreendedora. Em sua segunda edição, o prêmio reforça, cada vez mais, o papel da educação empreendedora nas escolas e na educação brasileira como um valor agregado e transversal à grade curricular, transcendendo o conteúdo exposto”, enfatizou.

Na primeira edição do prêmio, a Escola Virgem de Lourdes, de Campina Grande, ganhou o primeiro lugar nacional na categoria do Ensino Médio com o “Desafio Lourdinas de Empreendedorismo e Inovação”.

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

O desafio, que começou a ser proposto aos estudantes do Ensino Médio da instituição desde 2016, consiste na formação de equipes com o objetivo de criar uma solução inovadora para resolver um problema do município ou da região. Ao todo, são quatro meses de dedicação ao desafio.

De acordo com o supervisor de tecnologia e ensino da educação empreendedora na instituição, Vicente Albuquerque, o projeto não teve continuidade durante as aulas remotas, já que muitas das atividades exigem a reunião das equipes.

A expectativa é que, assim que seja promovida a retomada das aulas na modalidade híbrida, o projeto possa ser reiniciado.

“O Sebrae foi um grande parceiro para o desenvolvimento do desafio e da cultura empreendedora na escola. Desde o início, o projeto foi um sucesso e os alunos chegaram a participar de feiras em outros estados, a exemplo de São Paulo. Quando vencemos a etapa estadual em 2019, ficamos muito felizes, mas a nacional foi realmente inesperada. Foi um ânimo para a edição do desafio daquele ano, que foi ótima. Em 2020, já tínhamos planejado fazer um desafio ainda maior, inclusive com o envolvimento de outras escolas, mas veio a pandemia e impossibilitou a realização do desafio. Esperamos retomar assim que possível”, explicou o professor.

Fases

A edição do prêmio contempla etapas seletivas estaduais, regionais e nacional, englobando cinco categorias de ensino: duas no nível fundamental, além dos níveis médio, profissional e superior.

Ao colaborarem com o ecossistema educacional, as melhores práticas selecionadas serão difundidas pelo Sebrae para todas as regiões do Brasil. A previsão é que a divulgação da premiação nacional ocorra em fevereiro de 2022.

Contexto

Reconhecido por fomentar a cultura empreendedora, o Sebrae alcançou – nos últimos seis anos – 5,2 milhões de jovens estudantes de todos os níveis de ensino.

Até hoje, cerca de 200 mil professores receberam formação do Sebrae, com embasamento de empreendedorismo, proporcionando a difusão de soluções da entidade para quase 9 mil instituições de ensino.

Realizada em 2019, a primeira edição do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora alcançou 1.269 inscrições.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube