Fechar

logo

Fechar

Pequenos negócios geram mais de 2,7 mil empregos na PB

Ascom. Publicado em 5 de julho de 2021 às 20:08.

Foto: pixabay

Foto: pixabay

Reiterando o papel dos pequenos negócios como fundamentais para a retomada da economia no estado, as micro e pequenas empresas paraibanas geraram, em maio deste ano, 2.777 novas vagas de emprego formal.

O levantamento, realizado pelo Sebrae Paraíba com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, aponta, também, que no acumulado do ano, ou seja, de janeiro a maio de 2021, as MPE foram responsáveis por um saldo positivo de 11.359 postos de trabalho criados no estado.

No tocante aos números por atividade econômica, o levantamento do Sebrae Paraíba mostra que o setor que mais registrou empregos no universo das micro e pequenas empresas foi o setor de serviços, com 1.069 vagas criadas no estado.

Em seguida, aparecem os setores de comércio (667), indústria da transformação (311), construção (440) e agropecuária (263).

De acordo com a gerente da Unidade de Gestão Estratégica e Monitoramento do Sebrae Paraíba, Ivani Costa, historicamente, o mês de maio reflete um volume significativo de novos postos, com a proximidade de datas relevantes para o calendário da economia, como no caso do Dia das Mães, e como um mês de preparação para atuação das empresas no Dia dos Namorados.

“O setor de serviços atualmente tem se mostrado mais dinâmico na composição dos números da economia do estado. Isso é refletido nos números de postos de trabalho. Por ser um setor que comporta atividades que exigem baixo investimento para iniciar no mercado, com atividades de serviços de cuidados pessoais e serviços ligados à educação e saúde, o número de novos postos é bem mais expressivo do que com relação à indústria e construção”, analisou.

Por sua vez, os dados revelam que as médias e grandes empresas paraibanas, ao contrário de meses anteriores, apresentaram resultado positivo na geração de emprego formal no estado.

As MGE geraram, na Paraíba, 118 novos postos de trabalho no mês de maio, enquanto as contratações realizadas por pessoas físicas tiveram saldo positivo de 15 vagas, conforme os dados do levantamento.

João Pessoa se destaca – Em relação à geração de empregos formais por município, a capital paraibana, mais uma vez, se destaca, conforme o levantamento. Em maio deste ano, foram gerados 973 novos postos de trabalho nas micro e pequenas empresas pessoenses, enquanto as MPE da cidade de Campina Grande foram responsáveis pela geração de 315 vagas.

No entanto, duas cidades paraibanas se destacaram no levantamento de maio. Os municípios de Mataraca e Pilar geraram, respectivamente, 280 e 260 vagas de empregos formais no período.

“Os casos de Mataraca e Pilar não estão correlacionados a uma tendência que possa ser generalizada. Muitas vezes, são contratações pontuais para atender um modelo de terceirização”, afirmou Ivani Costa.

Brasil – A geração de empregos no Brasil, em maio, pelas micro e pequenas empresas (MPE) apresentou um incremento de 115%, comprado com abril, ao criar quase 100 mil novas vagas. De acordo com levantamento feito pelo Sebrae, as MPE geraram 182.208 novos postos de trabalho.

O número é 2,5 vezes maior que registrado pelas médias e grandes, que criaram 70,9 mil novas vagas no quinto mês do ano. Esse é o 11º mês consecutivo que as micro e pequenas empresas apresentam um resultado positivo nas contratações no Brasil.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube