Mais detalhes sobre o caso de criança espancada até a morte em Campina Grande

Da Redação. Publicado em 1 de julho de 2021 às 15:11.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Na manhã dessa quarta-feira (30), um garoto de apenas 2 anos foi espancado até a morte em Campina Grande, no bairro do Pedregal. A principal suspeita é que a própria mãe e o padrasto tenham cometido o crime.

Ambos os suspeitos já foram presos e devem passar por audiência de custódia nesta quinta-feira (1), segundo contou o delegado de Polícia Civil Glauber Fontes, durante entrevista à CBN FM.

Na ocasião, o policial ainda detalhou mais questões sobre o caso:

“O hospital entrou em contato com a Delegacia de Homicídios, para informar que uma criança havia chegado com vários hematomas e com sinais de espancamento. A partir daí, uma equipe se deslocou até o local, chegando lá já encontrou a criança em estado de rigidez cadavérica, ou seja, a criança já havia morrido há um tempo”, disse.

A primeira a ser detida foi a mãe do garoto, segundo Glauber, uma vez que com a presença dos policiais o padrasto fugiu, sendo localizado e preso logo mais à tarde.

“Os dois foram autuados em flagrante, e um joga a acusação para o outro. As informações não batem, são depoimentos que não se sustentam e por isso ambos foram autuados em flagrante”, completou.

Por fim, o delegado destacou que as investigações continuam para que mais detalhes, depoimentos e perícias sejam colocados no inquérito.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube