Hospital de CG comemora diminuição de casos e pede manutenção de prevenção

Da Redação. Publicado em 6 de julho de 2021 às 21:15.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

“Um dos nosso maiores termômetros que temos aqui é o pronto atendimento, a nossa emergência que é aberta 24h, nos 7 dias da semana, observamos uma taxa de procura que chegou até a 568 atendimentos dia, no pico em maio, e nós agora estamos observando uma média de atendimentos de 200 a 250 pacientes”.

A afirmação partiu do representante do Complexo Hospitalar Pedro I, em Campina Grande, Tito Lívio, durante entrevista à Panorâmica FM. A unidade é referência no combate à Covid-19 na cidade, e atende, inclusive, toda uma região referenciada.

Tito Lívio acrescentou em suas falas que o Pedro I, juntamente com o Hospital de Campanha, está, nesta terça-feira (6), com uma taxa de ocupação de 38% de enfermaria, equivalente a 40 pacientes internados dos 105 leitos disponíveis, e também 38% de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), correspondente a 23 pacientes dos 60 leitos disponíveis.

O dado, segundo o gestor, é visto como reflexo do avançar da imunização da população, antes observado no grupo de idosos e agora também em outras faixas etárias.

“Temos o receio por causa dos festejos juninos, então mantemos a mesma capacidade técnica do hospital. Estamos preparados para um possível aumento de casos, mas esperamos que não. Pedimos a todos que se mantenham alertas, sigam as medidas de controle, o que não pode acontecer é que quando baixamos a guarda aumente de novo”, finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube