Comerciante campinense confirma vendas de lenha quase zeradas

Da Redação. Publicado em 14 de julho de 2021 às 10:56.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Seguindo com as visitas para atualizar a situação de alguns comerciantes de Campina Grande, a nossa reportagem entrevistou, nesta quarta-feira, 14, o dono de um ponto de venda de lenha, instalado no bairro do Catolé.

Arnaldo Correia de Lima vende o produto há cerca de 18 anos. Segundo ele, as vendas caíram consideravelmente por conta da crise gerada pela pandemia da Covid-19.

– Enquanto não passar essa crise, as vendas não vão voltar ao normal. Isso eu posso afirmar. Desde o início dessa pandemia que eu estou com um grande estoque de lenha. De vez em quando é que eu consigo vender alguns “toquinhos”. A procura hoje é basicamente por quem faz artesanato, esse pessoal é quem compra – lamentou.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Aproveitando o espaço da divulgação, o comerciante detalhou como é feita a política de preços em seu ponto de vendas.

– O preço varia muito de acordo com o tamanho e a qualidade da madeira. A média de um ‘toco’ desse que eu vendo, dos menores, é R$ 20, R$ 30. Mas, tudo depende, passa muito, como eu já disse, por qualidade e tamanho de cada pedaço de madeira – finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube