Vereadores de João Pessoa protagonizam bate-boca durante sessão por conta de Bolsonaro

Da Redação/Haceldama Borba. Publicado em 4 de junho de 2021 às 21:06.

Foto: Ascom/ Arquivo

Foto: Ascom/ Arquivo

Durante sessão desta sexta-feira (o04), os vereadores Eliza Virgínia (Progressistas) e Marcos Henriques (PT) protagonizaram um bate-boca por conta do presidente da República Jair Bolsonaro e  as manifestações que ocorreram no final de semana passado contra o presidente.

O bate-boca ultrapassou a sessão e foi parar nos microfones de uma emissora local com acusações entre ambos.

A vereadora teria criticado a forma como os petistas se manifestam com pessoas tirando a roupa e se oferecendo de bandeja como porcos com uma maçã na boca, cuja cena foi vista no ato público realizado na cidade de Teresina (PI) contra Bolsonaro.

A vereadora  convocou ainda a classe  trabalhadora do PT a trabalhar e não ficar fazendo críticas infundadas ao presidente da República

Para Marcos Henriques não se pode desqualificar qualquer tipo de mobilização que seja mesmo as que defendem o Jair Bolsonaro.

“Acho que são mobilizações legítimas, apesar das razões, eu divergir. Acho que a vereadora foi infeliz quando coloca estigmas e atribui à mobilização que nós fizemos no último sábado (29), fatos depreciativos. As pessoas querem vacinas e não se pode desqualificar a vontade das pessoas de contestarem contra um governo desastroso”, disse.

A confusão começou quando o petista disse que quem defende o governo de Bolsonaro precisa reavaliar seu posicionamento porque não se pode defender um governo que está levando milhares de pessoas a óbito.

“Isso leva a pessoa a crer que quem gosta de um algoz sofre da síndrome de Estocolmo. A ciência explica isso e tem tratamento. A vereadora precisa se retratar porque toda mobilização é justa e tem que se respeitar porque é uma vontade do povo”, disse.

Já a vereadora rebateu dizendo que quem precisa ir ao médico são os petistas para tirarem as vendas dos olhos e a sujeira dos ouvidos.

“Acho que de tanto ouvirem mentiras os ouvidos ficaram obstruídos. O Brasil está em quarto lugar dos países que mais vacina no mundo. Estamos com 32% da nossa população vacinada. O governo do PT fechou 40 mil leitos nos últimos dez anos. Bolsonaro abre, somente no ano passado, 19 mil UTIs. Ou seja, estamos recuperando o caos que foi deixado na Saúde pelo PT”, contestou.

Ela disse ainda que a direita quando protesta não vai às ruas por dinheiro. Segundo a vereadora, os manifestantes que estavam na Avenida Paulista receberam de R$ 20 a R$ 50 reais, além do pão com mortadela para participar do movimento. 

“Eu acho que os petistas têm que tirar a venda dos olhos e reconhecer que o Brasil está dando certo, apesar da oposição absurda, burra e de  querer o quanto pior melhor”, vociferou

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube