Governador afasta disputa política sobre divergência da PMJP com o decreto estadual

Secom/PB. Publicado em 7 de junho de 2021 às 20:40.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

O governador da Paraíba, João Azevedo (Cidadania) afastou as questões políticas que estão sendo atribuídas por conta das divergências ocorridas por parte do prefeito Cícero Lucena (Progressistas) em relação ao decreto do governo estadual que restringe a abertura de pontos comerciais.

O prefeito recorreu à justiça para quebrar a ordem de fechamento de bares, restaurante e academias, e ganhou a ação.
Conforme Azevedo, sobre decisões judiciais não se deve achar isso ou aquilo, mas sim cumpri-las e acabou.

“Foi tomada a decisão. Agora cabe ao Estado se vai recorrer ou não. Ainda hoje vou me reunir com a minha equipe para saber se vamos entrar com uma ação jurídica”, disse.

Contudo, o governador tratou de dissipar os fatos políticos e disse que diante de um fato dessa natureza às vezes as coisas são colocadas como uma disputa entre estado e município, coisa que não é, mas sim, de uma visão técnica que precisa ser esclarecida.

“Não há de se imaginar que alguém venceu ou alguém perdeu, é diminuir muito o problema. Nós estamos com mais de 80% dos leitos ocupados, com filas de pessoas na UTI esperando para serem internadas e isso é que me preocupa. Como governador, a mim cabe e compete tomar as medidas necessárias. Se a Justiça entendei que determinado segmento deve abrir é porque teve seus motivos e argumentos, principalmente as informações técnicas, que com certeza não são as minhas”, destacou.

Azevedo lembrou ainda que o que mais o deixa preocupado é que João Pessoa mesmo tendo uma ocupação de 80% dos leitos, muita gente pensa que os 20% é um número gigantesco de margem de segurança , o que não é, quando se tem uma taxa de transmissão de 1.32, ou seja, a cada 100 pessoas contaminadas em João Pessoa, mais 132 pessoas são contaminadas.

“É isso que me preocupa”, afirmou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube