Fechar

logo

Fechar

Fiscais continuam fiscalização contra queima de fogos e fogueiras em JP

Da Redação com Secom/PB. Publicado em 28 de junho de 2021 às 14:29.

Os fiscais da Divisão de Fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) da Prefeitura de João Pessoa darão continuidade nesta segunda-feira (28), véspera de São Pedro, à Operação Previna-se, para coibir queima de fogos de artifício e que fogueiras sejam acesas.

Apesar de ser uma tradição na região Nordeste, as fogueiras estão proibidas na Paraíba, enquanto durar a pandemia de Covid-19. Desde o dia 20 de junho de 2020 que a Lei Estadual 11.711 determina que elas não sejam acesas em todos os espaços urbanos do Estado.

O secretário de Meio Ambiente, Welison de Araújo Silveira, destacou que os órgãos ambientais respeitam as tradições, mas que esse não é o período para que se acendam fogueiras.

“Imagina o que é uma pessoa estar em casa se recuperando da Covid-19, uma doença que compromete o sistema respiratório, e essa pessoa enfrentar uma noite em meio à fumaça? É preciso ainda considerar que as fogueiras são uma manifestação cultural de quando podemos reunir as pessoas e nesse momento não podemos aglomerar. A gente sabe que não é fácil, mas se nos cuidarmos agora vamos poder comemorar os santos de junho com todos nossos amigos e familiares ano que vem”, concluiu.

Durante este mês os fiscais da Semam têm percorrido os bairros, coibindo que fogueiras sejam acesas e que também sejam soltos fogos de artifício.

Foto: Secom/JP

Foto: Secom/JP

O Disque Denúncia da Semam recebeu, nos dias 23 e 24 de junho, 25 denúncias de queima de fogos e 11 de fogueiras.

Segundo o chefe da Divisão de Fiscalização da Semam, Jocélio Araújo dos Santos, apesar das denúncias, as pessoas têm colaborado.

“Não foi preciso aplicar multas. A partir de uma abordagem da educação ambiental nós explicamos os males provocados pela fumaça das fogueiras e dos fogos, que também perturbam os animais, que são mais sensíveis ao barulho, falamos sobre o que determina a legislação e na maioria das vezes as pessoas entendem. Só em um dos casos foi preciso que os Bombeiros apagassem uma das fogueiras”, concluiu.

A Operação Previna-se contou com apoio do Corpo de Bombeiros, Polícia Ambiental, Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) e Polícia Militar.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube