FHC 90 anos: “É preciso saber conversar com as pessoas”

Da Redação. Publicado em 19 de junho de 2021 às 18:20.

Foto: Ascom/PSDB

Foto: Ascom/PSDB

O Brasil festejou, nesta sexta-feira, os 90 anos do professor, sociólogo e ex-presidente Fernando Henrique Cardoso – o ´príncipe´ como é chamado por seus colegas acadêmicos na área da sociologia. 

Há poucos dias, tive a imensurável satisfação de ter FHC como entrevistado no programa Ideia Livre da TV Itararé (canal 18.1).

A seguir, três recortes do aniversariante em recente depoimento à Fundação que leva o seu nome.

“Quando jovem, queria ser em primeiro lugar pesquisador e, depois, professor universitário. Por que me tornei político? Porque o regime militar (1964-1985) resolveu que eu era subversivo e, sem querer, acabou me empurrando para a política.

“Entre a pesquisa de campo e a política há algo em comum: contato com gente. É preciso saber conversar com as pessoas, penetrar na vida e na alma do outro para entender sua realidade. Desde que me envolvi com a política, nunca fiz distinção entre pensar e fazer. Tenho um pé em cada canoa”.

Ainda FHC: “A democracia tem de ser regada todos os dias e não tem sido bem regada. Mas ela vai se recolocar e, tenho esperança, do modo mais razoável, ou seja, por meio de eleições. Isso de ver o adversário como um inimigo a ser destruído não faz parte da nossa cultura, não tem chance de dar certo. Nós que vivemos durante a ditadura sabemos o que significa viver com medo. Ainda há tempo de retomar o caminho da democracia e da liberdade”.

*com informações da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza

Para ler a coluna deste sábado, acesse aqui:

O ´Capitão´ por aqui • Paraíba Online (paraibaonline.com.br)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube