Fechar

logo

Fechar

Deputado governista defende investigações sobre o pagamento de propina de vacina

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 30 de junho de 2021 às 16:42.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O deputado federal paraibano Julian Lemos (PSL), um dos apoiadores do presidente Bolsonaro, afirmou que mesmo sendo da base não vai “passar pano” sobre as irregularidades do governo e quer que as investigações sejam aprofundadas em torno da compra de vacinas contra a covid-19, que envolvem pagamento de propinas por dose como foi denunciado.

“O que me chama a atenção como governista, e eu não vou passar pano para ninguém, é que desde do relato do deputado Luiz Miranda, que fez várias denúncias na CPI, e o nosso presidente assim como outros ficaram calados e não retrucaram a informação. No entanto, já apareceu o cancelamento de um contrato, já demitiram o funcionário que foi citado por essa negociação”, disse.

Para o deputado, já há indícios que constrange o discurso de um governo, que até pouco tempo atrás dizia que não havia corrupção.

Julian Lemos disse que não se sente constrangido por não ter parte na falcatrua e nem vai usar de meias palavras para atenuar os fatos.

“A corrupção ninguém pode dizer que não tem, porque não há controle disso. Agora, se acontecer, que seja investigado. Não adianta colocar panos quentes nisso porque é gravíssimo. Um dólar de propina juntando ao volume de vacinas chegaria a R$ 1 bilhão. Isso é uma imoralidade, diante de algo que foi protelado na compra de vacina x e y. Eu quero que aconteça a investigação e não só lá no governo federal, onde tiver gente roubando é para a corda arrebentar”, desabafou o deputado.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube