Covid-19: O porquê da diferença entre números de infectados e recuperados na PB

Da Redação*. Publicado em 4 de junho de 2021 às 9:49.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Com 2.660 novos casos de Covid-19 confirmados no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nessa quinta-feira, 3, a Paraíba chegou à marca de 337.779 casos confirmados até o momento.

Desses infectados na pandemia, 229.062 já constam como recuperados, também segundo a última atualização de dados. O número de óbitos por Covid até o momento é de 7.765.

Fazendo uma conta rápida, a diferença entre o número de infectados para o de recuperados – subtraindo o triste número de óbitos – é de 101.292. O questionamento que fica é: onde se concentram essas pessoas que somadas resultam nessa diferença?

Segundo o secretário executivo de Gestão de Redes de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, em entrevista à Rádio Caturité FM, nesta sexta-feira, 4, essa pendência ocorre pela demora na atualização do banco de dados Covid, que é responsabilidade dos municípios.

– Para que haja o equilíbrio entre os números, são necessários alguns cuidados. Primeiramente, o número de recuperados que é notificado no boletim são os de pacientes que receberam alta e que já não apresentam nenhum sintoma, ou sequelas. Quando um paciente é admitido em uma unidade de saúde, é aberto um protocolo de atendimento na plataforma do SUS. Daí para que a cura, ou seja, a recuperação desse paciente seja também notificada no sistema, é preciso o acompanhamento pós-covid e o fechamento desse protocolo no site. E isso, repito, é atribuição dos municípios, das secretarias municipais. Por isso sempre há essa diferença, por conta dessa pendência na atualização. Nós estamos sempre solicitando uma maior agilidade nisso, para que não haja números tão discrepantes – detalhou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube