Começa a vigorar norma que flexibiliza a garantia de crédito

Da redação com Folhapress. Publicado em 7 de junho de 2021 às 8:49.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

LARISSA GARCIA
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – Após ter sido adiada por três vezes por pressão do setor, a norma que reduz a chamada trava bancária, publicada pelo Banco Central em junho de 2019, começa a valer nesta segunda (7). A nova regra faz parte de uma série de iniciativas para ampliar a competição no sistema financeiro.

Trava bancária, também chamada de alienação fiduciária de recebíveis, é um mecanismo utilizado pelo banco como garantia de crédito para empresas. Um lojista, por exemplo, pode pegar um empréstimo e oferecer os pagamentos que tem a receber por compras de cartão de crédito em datas futuras para assegurar a operação.

Antes, enquanto não quitasse o empréstimo, esses valores a receber, conhecidos no jargão como recebíveis, não poderiam ser utilizados em novos empréstimos, o que gerava a trava.

Com a nova regra, os registros dos recebíveis são centralizados, e o lojista tem liberdade para negociá-los como garantia de crédito em outras instituições que ofereçam condições melhores, não só com a qual ele tem relacionamento.

Agora, a agenda de recebíveis -cronograma de recebimento das compras feitas a prazo- poderá ser utilizada para mais de uma operação de crédito.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube