Aumento no preço do etanol na Paraíba está ligado à falta de produção do combustível

Da Redação*. Publicado em 24 de junho de 2021 às 10:00.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O preço do etanol em Campina Grande vem sofrendo seguidas e expressivas elevações nos últimos dias. Como exemplo, em sete dias, o combustível subiu de R$ 4,37, em praticamente todos os postos, para o preço praticado não inferior a R$ 4,75.

Em busca de tentar trazer uma justificativa dos aumentos aos ouvintes, a reportagem da Rádio Caturité FM ouviu, nesta quinta-feira, 24, o presidente do Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool do Estado da Paraíba (Sindalcool), Edmundo Coelho Barbosa.

Segundo o representante, essas elevações não podem – pelo menos a nível de Paraíba – ser creditadas ou atribuídas às usinas.

– O que acontece é que aqui no nosso estado, nós estamos no período de entressafra. As usinas se encontram em manutenção e só voltarão a ser usadas na segunda quinzena do mês de julho. Nós praticamente não temos o combustível para distribuir aos postos – comentou.

Ainda nesse ponto, o presidente Edmundo justificou que, da forma mais clara possível, os aumentos estão ligados diretamente ao custo de trazer o etanol de outros estados para ser comercializado na Paraíba.

– O álcool comercializado nos postos da Paraíba hoje está vindo de Minas Gerais, Goiânia, por exemplo. Então, por isso e pelo custo de frete para a vinda dessa “mercadoria”, de fora, é preciso ser custeado. E isso acaba sendo repassado ao consumidor – finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube