Vereadores de Araruna rejeitam título de cidadania concedido a ex-BBB de CG

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 10 de maio de 2021 às 16:26.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Causou muita polêmica a rejeição de um título de cidadania de Araruna não concedido à paraibana Juliette Freire, vencedora do programa de entretenimento da Rede Globo, o Big Brother Brasil 21.

Por 5 votos a 3, a honraria foi rejeitada sob o argumento de que a advogada não teria feito nada pela cidade.

O fato é que enquanto esteve na casa mais vigida do Brasil, Juliette exaltou a Paraíba destacando seu potencial turísticos através de alguns pontos de visitação, a exemplo da Pedra da Boca, localizado na região de Araruna, em que a sister fez a divulgação da beleza do lugar.

O prefeito do município, Vital Costa (PP), lamentou o ocorrido e criticou a falta de visão dos parlamentares da Câmara Municipal, pois o turismo de Araruna teve um ganho considerável depois que Juliette divulgou a Pedra da Boca nas redes sociais, o que aumentou mais ainda a visitação turística.

“Com título ou sem título, ela será sempre bem-vinda à Araruna até porque ela foi uma pessoa que demonstrou sua posição, suas raízes, sua ‘parabaneidade’ na casa e isso foi extremamente importante nesse processo. O que importa é que ela divulgou a Paraíba. E para nós de Araruna, o que ela fez foi extremamente fundamental na divulgação do nosso turismo de forma gratuita aos seus milhões de seguidores, que agora deu um salto”, disse.

O autor da propositura, vereador Júnior Costa (PP) também lamentou que seus pares não tenham entendido o benefício que Juliette fez pela Paraíba ao colocar o Estado na vitrine do país, ao mesmo tempo em que exaltou também a Pedra da Boca como um local turístico, de beleza natural e de lazer para os visitantes do município de Araruna.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube