Fechar

logo

Fechar

Sindifarma contesta decisão de abertura de farmácias durante 24 horas em CG

Da Redação*. Publicado em 4 de maio de 2021 às 9:35.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

No último dia 29 de abril, o Ministério Público da Paraíba expediu uma recomendação ao representante legal do Sindicato das Farmácias do Estado da Paraíba (Sindifarma-PB) em Campina Grande para que cumpra a lei que implanta o sistema de rodízio entre as farmácias e garante que no mínimo dois estabelecimentos farmacêuticos funcionem 24 horas por dia na cidade.

O presidente do Sindifarma, Neilton Neves, afirmou que a recomendação ainda não chegou ao sindicato e se mostrou contra a decisão, alegando que não há segurança e assistência para que as farmácias operem em regime de plantão.

– Apenas uma hoje fica aberta, por questões de segurança e de assistência, que não tem. A insegurança é muito grande e as farmácias não querem abrir, além de que, economicamente, não é viável – disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube