SindCampina: “Não temos como sobreviver a mais uma restrição dura”

Da Redação. Publicado em 14 de maio de 2021 às 19:45.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

“Nós somos pequenas empresas, não temos esse poder aquisitivo tão alto, nem gordura, nem capacidade de sobreviver a mais um período de restrição mais dura”, pontuou o presidente do Sindicato da Hospedagem e Alimentação de Campina Grande (SindCampina), Divaildo Bartolomeu, durante entrevista a uma emissora de rádio local.

Na ocasião, ele comentou sobre o decreto municipal, que está previsto para ser publicado ainda esta sexta-feira (14), com novas medidas mais restritivas de prevenção à Covid-19. Sobre isso, Divaildo enfatizou esperar com apreensão.

“Acredito que a mão do prefeito não deva ser tão dura com o nosso seguimento, porque nós já estamos no limite da nossa capacidade de contribuir com a população. Nós não podemos pagar o pato mais uma vez por tudo de errado que acontece no meio da sociedade campinense e paraibana”, ponderou.

O sindicalista destacou que algumas pessoas físicas, com irresponsabilidade, teimam em aglomerar em suas casas, teimam em fazer festas clandestinas, e burlam as restrições, fechando os olhos para os perigos do coronavírus.

“É muito complicado você atribuir a um setor que tem trabalhando de forma correta, que foi pioneiro na confecção e utilização dos protocolos de saúde, criou uma verdadeira etiqueta de segurança, e vemos todo esse trabalho ser relativizado de forma tão penosa”, finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube