Secretário comenta impasse em regulação de leitos para Covid-19 em Campina Grande

Da Redação. Publicado em 24 de maio de 2021 às 20:15.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

Em entrevista nesta segunda-feira (24), o secretário executivo de saúde do estado, Daniel Beltrammi, voltou a fazer um alerta sobre o crescente número de casos de Covid-19 em todo o estado e contou sobre a preocupação das autoridades em saúde sobre falta de leitos e colapso na rede.

Ele afirmou que essa é uma realidade nacional e pediu novamente que a população siga as recomendações e não provoquem aglomerações.

– Essa é a triste informação e constatação e não é diferente no resto do Brasil. O ano de 2021 já acumulou mais que o total de óbitos em 2020. Não se trata de natureza simples. É um momento de crise sanitária que só terá condição mínima de melhoria se houver uma união de todos nós para tomar medidas simples, pequenos sacrifícios difíceis de executar. Basta usar máscaras, basta não se aglomerar e lembrar que não é tempo de festa – salientou o gestor.

Questionado sobre a polêmica envolvendo a regulação de leitos em Campina Grande, Beltrammi explicou como funciona o sistema regulatório.

– A regulação estadual em todo o território paraibano fica por cargo da secretaria de estado de saúde com o seu centro estadual de regulação hospitalar da Covid-19. Campina Grande foi a última cidade a ingressar nesse processo regulatório e as recomendações da regulação são bastante transparentes e retilíneas. Leito disponível é leito disponível para o centro estadual de regulação que é um observatório e sabe em todo o estado quem está precisando desses leitos. A internação pela porta de entrada sem regulação também precisa ser notificada – pontuou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube