Robô virtual criado na UFPB ganhará atualização com dados sobre vacinas contra o coronavírus

Da Redação com Ascom. Publicado em 7 de maio de 2021 às 21:34.

Foto: Angélica Gouveia

Foto: Angélica Gouveia

Um robô virtual criado pelo Laboratório de Inteligência Artificial e Macroeconomia Computacional (Labimec) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que tem a função de interagir com o usuário por meio de conversas online e fornecer informações sobre sintomas e formas de prevenção da covid-19, passará por uma atualização, na próxima semana, para inclusão de dados sobre as vacinas contra o novo coronavírus.

Denominado Dr. Labimec, o chatbot é um software que trabalha e gerencia as trocas de mensagens simulando uma conversa humana. A tecnologia foi disponibilizada e já é utilizada pelo Hospital Universitário Lauro Wanderley, vinculado à UFPB e administrado pela Rede Ebserh/MEC. A partir da próxima semana o robô receberá essa atualização sobre vacinas.

“Na realidade, vamos incluir informações sobre as recomendações ligadas às vacinas, quais existem, origem da vacina, possíveis efeitos colaterais. Vamos passar informações sobre a necessidade da imunização para auxiliar na prevenção contra o coronavírus. Faremos também uma atualização do texto, pois quando foi desenvolvido o chatbot pela primeira vez ainda não existiam vacinas”, explicou o Prof. Cássio da Nóbrega Besarria, um dos coordenadores do projeto.

A ferramenta foi treinada com base em dados oficiais sobre o coronavírus e pode ser acessada no site do HULW. Desde que o robô foi criado, em junho do ano passado, já foram realizados cerca de 500 atendimentos.

Ao atender os usuários, o assistente virtual tem a finalidade de medir o grau de conhecimento das pessoas e passar conceitos oriundos de órgãos como Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde (MS). Entre as informações que o robô virtual repassa, estão: formas de prevenção à covid-19, principais sintomas da doença e sugestões de hospitais de referência.

“A ideia é que a população possa tirar algumas dúvidas gerais antes de buscar atendimentos específicos. A avaliação da Equipe Labimec é positiva e temos acompanhado um número elevado de interações”, comentou o Prof. Cássio Besarria.

Também coordenada o projeto a Profa. Maria Daniella de Oliveira e os integrantes da equipe são o pesquisador Rodrigo José César Moralez Ruiz, Daniel Brito Campesi, Flávio Macaúbas Torres Filho, Pierre Hítalo Nascimento Silva e Valéria Siqueira de Carvalho Besarria.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube