Programa Prato Cheio chega a Guarabira com oferta de mil refeições diárias

Secom/PB. Publicado em 31 de maio de 2021 às 19:25.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O projeto emergencial Prato Cheio, executado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), chegará nesta quarta-feira, (2), à cidade de Guarabira, onde serão servidas 1.000 refeições diariamente – café, almoço e janta – para pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social.

Em parceria com a Arquidiocese da Paraíba, o projeto já está presente nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos, onde são servidas mais de 5,2 mil refeições.

O secretário do Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira, ressaltou que esta é mais uma ação importante para a população que mais necessita, aliada a outras ações como o fornecimento de cerca de 7 mil refeições nas cidades de João Pessoa, Santa Rita, Campina Grande, Patos e Sousa, a preço simbólico nos Restaurantes Populares; e o “Tá na Mesa”, que fornecerá 552.200 refeições/mês em outros 83 municípios do estado ao preço de R$ 1.

“As ações de segurança alimentar têm sido fundamentais e necessárias nesse momento de pandemia, principalmente para as pessoas em situação de vulnerabilidade social e de rua, visto que em todas as cidades essas pessoas têm sofrido com a questão da fome”, comentou.

Para o coordenador do Projeto Prato Cheio, padre Egídio de Carvalho, a expansão do projeto Prato Cheio para a cidade de Guarabira tem um significado grandioso, sobretudo para as pessoas que mais necessitam.

“As pessoas que vivem em situação de rua, as que estão desempregadas, aquelas que não têm realmente como comprar comida para botar dentro de casa, passarão a contar de segunda a sábado com as três refeições: o café da manhã, almoço e o jantar. Pessoas que muitas vezes dormem e acordam sem uma alimentação ou que fazem uma única alimentação no dia”, enfatizou.

O padre destaca ainda que tem sido gratificante, durante o cadastramento realizado pelas equipes, ver a alegria dessas pessoas ao saber que a partir de quarta-feira terão direito a fazer as três refeições.

“Graças à parceria muito boa que o Instituto São José faz com o Governo da Paraíba, que tem se sensibilizado diante do grande problema que afeta milhões de brasileiros, e milhares de paraibanos, a questão da fome. É de grande importância nesse momento esse olhar humano, caridoso, para essas pessoas que não têm como se alimentar diariamente”, finalizou.

A coordenadora técnica da 3ª Gerência da Sedh, Áurea Carla Duarte, destacou a importância do Prato Cheio:

“Com a pandemia, vimos o quanto a situação da fome se agravou. Fizemos o cadastro da população em situação de rua que não tinha o que comer todos os dias, e com a chegada desse Projeto, garantiremos três refeições diárias, trazendo com isso dignidade para essas pessoas. É uma satisfação, enquanto profissional, contarmos com esse volume de ações do Governo do Estado, que cada vez mais chega em quem precisa”.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube