Presidente da CMCG explica ‘dança das cadeiras’ que deve acontecer na mesa diretora

Da Redação*. Publicado em 25 de maio de 2021 às 10:52.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

Em entrevista à Rádio Caturité FM, nesta terça-feira, 25, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Marinaldo Cardoso (Republicanos), garantiu que deve pautar o chamado projeto ‘Anuênio’.

A matéria, se aprovada, permite que o presidente ceda a cadeira na mesa diretora à vice-presidente, vereadora Eva Gouveia (PSD).

– Isso foi um acordo nosso. Eu vou cumprir com minha palavra – garantiu.

Mais precisamente, Marinaldo explicou que essa ‘dança das cadeiras’ na CMCG foi apalavrada ainda nas discussões para a formação das chamadas ‘chapas consensuais’, que garantiram a eleição da mesa diretora atual e do biênio 2023/2024.

– Repito, isso foi acordado. Tanto para que Eva assuma em 2022, como para que Sargento Neto (PSD), eleito presidente para o próximo biênio, ceda a cadeira à vereadora Fabiana Gomes (PSD), em 2024 – esclareceu.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube