Plantio de árvores nativas em João Pessoa contribui para clima mais ameno

Da Redação com Secom/JP. Publicado em 16 de maio de 2021 às 9:39.

Foto: Secom/JP

Foto: Secom/JP

As mudas de árvores nativas, produzidas pelos técnicos do Viveiro Florestal de João Pessoa, contribuem para deixar a cidade com clima mais ameno, reduzindo a temperatura nas áreas verdes.

João Pessoa tem 3.439,58 hectares de áreas de remanescentes vegetais, com uma média de 47,11 m² de área verde por habitante. Desta forma, a diferença térmica na cidade pode ser de até 5°C entre um bairro desprovido de áreas verdes e outro próximo a um fragmento florestal.

Para contribuir com a qualidade de vida da população os técnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) da Prefeitura de João Pessoa, responsáveis pelo Viveiro Florestal, trabalham produzindo mudas de árvores nativas.

As mudas são utilizadas no plantio urbano, na recuperação de áreas degradadas e ainda na distribuição com a população em eventos pontuais.

O secretário de Meio Ambiente, Welison de Araújo, destacou que a recomposição da vegetação nativa é uma das formas de se contribuir para a preservação de várias espécies importantes para o bioma Mata Atlântica.

“Nossa política ambiental atua no sentido de manter áreas protegidas, com especial atenção para as Unidades de Conservação (UCs) e parques urbanos. Estamos trabalhando para que educação ambiental seja um tema transversal a todas as secretarias, promovendo ações de mobilização social das comunidades no entorno das áreas”, concluiu.

Remanescentes vegetais – João Pessoa possui ainda 1.060,25 hectares de áreas de manguezais, que fazem parte dos 30,67 por cento do território com cobertura vegetal. A cidade está localizada nos domínios do Mata Atlântica, bioma que ocupa uma área de 11,66 por cento da área total do Estado da Paraíba.

Viveiro Florestal – Fruto de uma parceria entre a Prefeitura de João Pessoa e o Serviço Social do Comércio (Sesc), que cedeu a área, o Viveiro Florestal foi completamente reformulado e entregue à população em abril deste ano.

Tem estrutura para produção de mudas, estufa, compostagem e área específica para receber estudantes e pesquisadores, que podem acompanhar todo o processo de produção das mudas de árvores, da coleta, escolha e preparo das sementes até o surgimento das mudas.

O Viveiro Florestal está localizado no Valentina Figueiredo, na Rua Embaixador Sérgio Vieira de Melo, s/nº, próximo ao Sesc Gravatá. Por causa das restrições com a pandemia do coronavírus, o Viveiro não está aberto para a população, mas assim que for possível as pessoas poderão ir até o Viveiro para receber uma muda de árvore nativa e as orientações sobre o plantio adequado.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube