Petista é contra apoio do partido à reeleição de João Azevedo em 2022

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 22 de maio de 2021 às 9:11.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

“Se depender de mim, ele não terá apoio”. A declaração é do ex-deputado federal Padre Luiz Couto e ex-secretário de Estado ao defender que o Partido dos Trabalhadores não apoie a reeleição do governador da Paraíba, João Azevedo (Cidadania).

Couto se mostrou ainda muito magoado com a exoneração do cargo de secretário da Pasta da Agricultura Familiar mesmo ele estando de férias pelo governador, ocorrida no processo eleitoral municipal quando decidiu apoiar a candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) a prefeito de João Pessoa.

“Não tem como apoio uma figura que fez do que fez. Eu estou fazendo todo uma história da minha ida para a Secretaria e no tempo certo colocarei todas as questões importante para dizer que nós não podemos apoiar a candidatura de João Azevedo”, disse.

O petista se disse ainda favorável a filiação do ex-governador Ricardo Coutinho ao PT com possibilidade de disputar a vaga de Senador da República ou até mesmo de governo do Estado.

“A direção nacional está discutindo e Ricardo já conversou com várias lideranças do PT e com a presidente Gleisi Hoffmann, com Lula, Haddad, mas estamos esperando uma palavra da direção nacional para chamá-lo e dizer que será bem-vindo ao PT e que a filiação dele não vai depender de ninguém da Paraíba. Será via nacional e esperamos ter o companheiro Ricardo Coutinho nas eleições do próximo ano”, disse.

Couto destacou ainda que a filiação de Ricardo Coutinho do PT terá um peso grande no comando da eleição de Lula à presidência da República. “A nossa preocupação é de preparar o partido para que possamos ter o companheiro Lula novamente como presidente da República. Essa é a nossa prioridade”, disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube