PB poderá ter aumento de novos casos da Covid-19 no segundo semestre

Da Redação. Publicado em 12 de maio de 2021 às 18:35.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

Conforme o secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, a Paraíba poderá entrar numa terceira onda de infectados pelo novo coronavírus prevista para este segundo semestre do ano.

Segundo ele, se não houver um comportamento adequado de uma parcela da população, o estado pode ter um novo aumento no número de pessoas acometidas pela Covid-19 e até de mortes nos meses de junho e julho.

Medeiros disse que esteve conversando com o secretário estadual de Saúde do Espírito Santo e lá se tem bem delineado a primeira, segundo e terceira onda com um número de 11 mil mortes.

Então é preciso convencer a população que é importante usar máscara, é importante usar álcool, lavar as mãos e ficar em casa sempre que possível, pois é o ambiente com menor possibilidade de se contaminar.

“É um estado semelhante ao nosso com uma população um pouco menor que a nossa, mas isso só reflete todas as ações da Secretaria de Saúde, do governo do Estado ao longo dessa pandemia durante a qual já testamos 850 mil paraibanos, mais de 20% da população. Nós temos hoje, mais de 500 leitos de UTIs adultos disponíveis para a Covid e mais de 1.200 leitos na sua totalidade, mas é preciso que população não relaxe nos cuidados”, disse. 

Ele também criticou a atitude de alguns gestores que não seguiram o Plano Estadual de medidas preventivas e as orientações da Secretaria de Saúde e agora o estado tem vários municípios com a incidência alta de casos novos. 

“São municípios pequenos com o quantitativo de óbitos elevados. Hoje a OMS disse que até que tenhamos vacinas suficientes para proteger a todos, nosso sistema de saúde e os pacientes que deles dependem, permanecem em perigo. Não é momento para relaxar, as pessoas precisam entender a importância do momento para que o Estado não seja obrigado neste segundo semestre adotar medidas de restrição novamente com o fechamento de seguimentos econômicos que reconhecemos que é deletério para todos, mas uma parcela da população continua sem obedecer às orientações de Saúde”, completou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube