Fechar

logo

Fechar

Pai de suspeito de matar Patrícia Roberta sofre ameaça e tem carro alvejado

Da Redação. Publicado em 3 de maio de 2021 às 13:41.

Foto: Reprodução/TVCB

Foto: Reprodução/TVCB

Márcio Falcão, pai de Jonathan Henrique, de 23 anos, principal suspeito no caso Patrícia Roberta, contou que está com medo de ser morto, uma vez que vem sofrendo com ameaças e, inclusive, teve o carro baleado na última sexta-feira (30).

As afirmações foram repercutidas na TV Cabo Branco.

Ele esclareceu não ter ciência do comportamento de Jonathan e que ficou sabendo que o filho estava sendo procurado suspeito da morte da jovem caruaruense pela própria polícia.

Patrícia tinha 22 anos e estava em João Pessoa para passar alguns dias com o amigo de infância. Ela parou de responder as mensagens da mãe e dias depois foi encontrada morta.

Segundo Márcio, Jonathan morou em Caruaru dos 10 aos 15 anos, onde conheceu a jovem. Quando fez 18 anos, decidiu morar sozinho e o pai disponibilizou o apartamento no bairro do Gramame, tido como possível local do homicídio.

Contudo, o pai enfatizou não saber que o filho usava drogas ou até que teria comportamentos violentos.

Na entrevista, Márcio pediu justiça pela morte de Patrícia independentemente se Jonathan for culpado ou não.

“Que seja realmente identificado quem praticou o crime e que tudo possa ser resolvido da melhor maneira possível, porque a vida da Patrícia não volta mais”, lamentou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube