João Pessoa lidera descumprimento dos decretos, aponta coordenador do Ciop

Da Redação. Publicado em 24 de maio de 2021 às 18:42.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

O coronel Júlio César, coordenador do Centro Integrado de Operações (Ciop), comentou, em entrevista a uma emissora de rádio pessoense, sobre a Operação Previna-se, constituída por vários órgãos públicos com o intuito de fiscalizar o descumprimento dos decretos de prevenção a Covid-19, na Paraíba.

Ele destacou que os registros normalmente são de aglomerações, inclusive em alguns eventos residenciais, além do descumprimento de estabelecimentos, como a falta de insumos para higienização das mãos de clientes, e superlotação.

Na ocasião, Júlio destacou que a capital João Pessoa é a líder em desobediência, segundo os registros de ocorrência internos, com um índice de 72%. O sertão, por sua vez, também foi citado pelo coordenador que sinalizou um índice de 11%.

O número de estabelecimentos interditados na operação também foi citado pelo coronel, sendo 40 estabelecimentos visitados e quatro interditados, três na capital e um no interior.

Por fim, César enfatizou a contribuição da sociedade no papel de fiscalização, no sentido de denunciar irregularidades nos canais 190, 193 e no aplicativo SOS Cidadão.

“O decreto está em vigor e a Secretaria de Segurança, através das forças integradas, atuará de forma implacável no cumprimento da lei”, finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube