Grupo acusa empresário pessoense de aplicar golpe estimado em R$ 1 milhão

Da Redação*. Publicado em 3 de maio de 2021 às 10:38.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Foto ilustrativa: Agência Brasil

A Polícia Civil, através da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa está investigando algumas denúncias de um possível golpe que pode ter causado um prejuízo de até R$ 1 milhão. Segundo a polícia, desde a última quarta-feira, 28, cerca de 300 pessoas criaram um grupo de WhatsApp e iniciaram buscas pelo empresário Arlan Pereira Moura relatando e o acusando desse golpe.

A delegada Andréia Melo, responsável pela investigação, falou que a família do empresário prestou queixa do desaparecimento dele na Delegacia de Homicídios.
Ainda segundo a delegada, outras pessoas também já prestaram queixa relatando terem sido vítimas do empresário.

“O relato é que o empresário dizia que iria investir na bolsa de valores e em outros segmentos para dar resultado imediato. Vamos investigar o suposto golpe que pode chegar a R$ 1 milhão, ou o suposto esquema de pirâmide”, disse.

Imagens mostram o momento em que o empresário foi visto pela última vez saindo do prédio em que mora na capital paraibana, na última quarta, por volta das 9h30 da manhã, com uma mochila nas costas e falando ao telefone.

No escritório do empresário foi encontrada uma carta com a seguinte mensagem escrita: “a pessoa que aplicava para mim fugiu e me deixou sem nada. Estou indo tentar resolver. Avisa à Clênia e aos meus pais, por favor”.

Ainda segundo informações, esse escritório fica na avenida Esperança, em João Pessoa.

A orientação da delegada a quem tenha sido vítima do empresário é que vá a uma delegacia e faça um B.O (boletim de ocorrência).

“Pode procurar qualquer delegacia e denunciar o caso. Tudo vai ser investigado”, finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube