Diretor do Pedro l explica a gestão de leitos do equipamento municipal

Da Redação*. Publicado em 24 de maio de 2021 às 20:58.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

O Diretor do Complexo Hospitalar Pedro l,  Dr. Tito Lívio, em entrevista a uma rádio local, nesta segunda-feira, 24, abordou sobre como Secretaria de Saúde do município gere os leitos no equipamento.

Tito Lívio esclareceu que o motivo do Hospital precisar de reserva de contingência de leitos, é que o local é uma unidade de ‘porta aberta’, ou seja atende as demandas de forma espontânea, sem precisar de regulação do governo do estado.

“São 90 leitos de enfermaria, quando chega a 70, a gente fala pra central estadual que nós estamos no quantitativo só para porta aberta. São 24 horas chegando paciente aqui, eu não tenho como ficar recebendo e-mail toda hora e fica dizendo ‘pode vir’. Se chegar um paciente aqui e eu precisar internar, o que eu vou fazer com esse doente?”, explicou.

Segundo Tito Lívio, a demanda vem aumentando com pacientes com suspeita de covid-19, tanto no referido Hospital Pedro l, quanto na UPA Alto Branco.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube