Diretor do Pedro I atualiza índices de ocupação e explica a negativa de vagas à Regulação Estadual

Da Redação. Publicado em 22 de maio de 2021 às 11:56.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Em entrevista à rádio Caturité FM, neste sábado, 22, o diretor técnico do Hospital Municipal Pedro I, médico Tito Lívio, atualizou os índices de ocupação de leitos na unidade.

Segundo ele, hoje o Pedro I possui 86 pacientes internados em leitos de enfermaria, o que corresponde a 96% de ocupação e 29 em Unidades de Terapia Intensiva – UTI -, que correspondem a 48% da capacidade.

– Nós estamos com uma carga elevada nas enfermarias já há um bom tempo, mas sabemos que esses leitos tem uma rotatividade muito grande. Isso nos assusta, mas também nos tranquiliza. Somente nesta sexta, 21, nós tivemos 14 altas. Mas, durante esta madrugada, tivemos algumas admissões – detalhou.

Tito Livio esclareceu o porquê de mesmo tendo algumas vagas o Pedro I acaba tendo que negar internações de pacientes ao Estado.

– É importante lembrar que quando nós chegamos ao número de 70 pacientes internados em enfermarias e 50 nas UTIs, nós bloqueamos essas vagas para a Regulação Estadual. Isso foi decidido em comum acordo com a Secretaria de Estado da Saúde e o Ministério Público. Isso acontece porque nós somos uma unidade porta aberta e, diante disso, nós precisamos ter uma reserva técnica de vagas para o nosso pronto atendimento de emergência, que funciona 24h por dia. Então quando existe a negativa de vagas de enfermaria é somente por esse motivo – explicou.

Ouça a fala na íntegra:

 

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube