Cagepa justifica serviços de manutenção em ruas recém-asfaltadas de Campina

Da Redação*. Publicado em 28 de maio de 2021 às 10:19.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Em entrevista à Rádio Caturité FM, nesta sexta-feira, 28, o gerente regional da Cagepa em Campina Grande, Lucílio Vieira, respondeu às constantes críticas recebidas pela Companhia a respeito de seguidas manutenções em ruas com asfaltos recém-colocados no município.

Segundo ele, o que é preciso ficar claro, antes de mais nada, é que a Cagepa não tem como prever vazamentos. Outro ponto levantado por ele foi a forma que são feitas as obras de pavimentação asfáltica.

– As máquinas que são usadas nesses serviços giram em torno de até 15 toneladas. Isso força muito a nossa rede. A gente reconhece que, principalmente nas vias do Centro da cidade, é um pouco mais antiga, mas o peso das máquinas, repito, também causa danos – explicou.

Lucílio chegou a reclamar da falta de parceria da Prefeitura de Campina Grande.

– Se a Cagepa fosse comunicada com antecedência desses serviços, poderíamos até desligar a rede para que a pressão nas tubulações fosse menor, diminuindo o risco dos danos pelos pesos das máquinas – comentou.

Ainda segundo Lucílio, já ouve busca por esse contato constante com a PMCG.

– Estamos tentando ter essa ligação com algumas secretarias, para que, em conjunto, possamos tentar melhorar essa sistemática que só prejudica a população – enumerou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube