Atriz paraibana avalia ser mais popular após Desirée na novela ‘Ti Ti Ti’

Da redação com Folhapress. Publicado em 20 de maio de 2021 às 19:42.

Foto: Globo

Foto: Globo

LEONARDO VOLPATO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – “Sou Desirée em quase todos os lugares que eu vou, é a minha personagem mais conhecida e mais popular. Agora com a volta da novela acho que vou continuar sendo por mais dez anos”.

Definitivamente, a moça simples, carismática e sonhadora que almejava se casar e acaba se tornando uma modelo de sucesso foi a personagem mais famosa da atriz paraibana Mayana Neiva, 38, em “Ti Ti Ti”.

Justamente por isso que a atriz tem aproveitado ao máximo as cenas reprisadas no Vale a Pena Ver de Novo (Globo). “Foi um trabalho muito especial, minha primeira novela. Me diverti muito fazendo esse trabalho. E rever, depois de tanto tempo, é um exercício”, aponta.

E as histórias divertidas de Desirée não são interessantes apenas para ela. Segundo Mayana, a personagem acaba por ajudar mais gente. “Pessoas que estão tristes por conta do que estamos vivendo [pandemia] me dizem nas redes sociais que dão risada da Desirée namorando no telhado e com outras histórias dela”, diz.

Atualmente, a trama vespertina da Globo tem rendido índices de ibope superiores a 20 pontos no Rio de Janeiro e um pouco menos em São Paulo. No dia 29 de abril, por exemplo, marcou 21 pontos na cidade carioca, recorde às quintas.
A boa repercussão na TV também rende bons frutos aos atores. No caso de Mayana, as abordagens aumentaram.

“E eu curto, porque é um trabalho que foi especial demais para mim. As abordagens são muito carinhosas e eu só posso agradecer. Um dos pontos positivos do nosso trabalho de atriz é conquistar as pessoas”, afirma.

“Eu posso falar, com certeza, que a Desirée é um divisor na minha carreira. Com a personagem eu ganhei projeção nacional, as pessoas passaram a me conhecer. Até hoje eu sou chamada de Desirée nas ruas”, reforça.

Depois do sucesso da personagem, cuja exibição original se deu em 2010, a paraibana natural de Campina Grande despontou para outros projetos. Em 2011, Mayana fez uma participação na novela “Cordel Encantado” na pele da cineasta Vicentina Celeste.

No ano seguinte, entrou para o elenco da minissérie “Dercy de Verdade” na qual viveu a artista de teatro Olímpia. Já na novela “Amor Eterno Amor”, no mesmo ano, interpretou a vilã ambiciosa Maria do Amparo.

Em 2017, retornou à TV como Leandra de “O Outro Lado do Paraíso”. Mayana, antes de tudo isso, foi Miss Paraíba em 2003. O futuro também é importante para a atriz que diz estar cheia de projetos.

Um deles pode ser acompanhado pelo Globoplay: a série “Rotas do Ódio”. “Faço a delegada Carolina, protagonista da história e que conduz a narrativa sobre os crimes de intolerância e racismo cada vez mais em evidência. É um dos meus trabalhos mais especiais”, afirma.

Mayana ainda tem um projeto musical na manga, um trabalho literário e uma nova série. “Muitas coisas! Eu amo trabalhar, amo estar em processo criativo, sendo provocada. Tenho a mente inquieta e essa vontade de tirar as coisas do papel e concretizar”, finaliza.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube