Acusado de matar suplente de vereador em CG é condenado a 20 anos de prisão

Da Redação. Publicado em 14 de maio de 2021 às 13:44.

Foto: Reprodução/Blog Renato Diniz

Foto: Reprodução/Blog Renato Diniz

Após nove horas de julgamento no Fórum Afonso Campos nesta quinta-feira (13), em Campina Grande, Everton Rodrigues da Silva Santos foi condenado a 20 anos de prisão, em regime fechado, pelo homicídio do suplente de vereador Anderson Maravilha em 2018.

Anderson foi morto a tiros no bairro Santa Rosa, em Campina Grande, quando chegava em casa.

Ele teria sido abordado por um homem em um carro preto, que já chegou atirando contra ele. Anderson caiu baleado e morreu no local.

No julgamento não houve presença do público por causa da pandemia.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube