Secretários comentam decisão da Câmara sobre o retorno de aulas presenciais

Da Redação*. Publicado em 22 de abril de 2021 às 9:52.

Foto: ABr

Foto: Agência Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou na última terça-feira (20) o texto-base da proposta que determina que aulas presenciais do ensino básico e superior sejam consideradas serviços essenciais durante a pandemia da Covid-19. Com a decisão, colégios e faculdades públicas e privadas podem voltar às atividades presenciais na Paraíba.

O secretário de Educação de Campina Grande, Raymundo Asfora Neto, afirmou ter recebido a decisão com naturalidade e garantiu que, caso a decisão seja efetivada, a cidade está preparada para retomar as aulas com segurança.

– Claro que a gente não pode esquecer de todos os cuidados sanitários indispensáveis. A rede municipal de Campina Grande está preparada para esse retorno, quando for possível – disse.

De acordo com Raymundo, um trabalho está sendo realizado com adesivagem nas escolas para que o distanciamento social seja respeitado, além de dispositivos com álcool em gel e a disponibilização de termômetros para aferição de temperatura.

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, afirmou, em entrevista a uma emissora de rádio local, que a Paraíba foi o único estado a realizar uma testagem em massa, com aproximadamente 10 mil paraibanos, na tentativa de nortear a volta às aulas com uma maior garantia.

– Somente após as conclusões desse inquérito sorológico, teremos a abertura progressiva das aulas presenciais no Estado – enfatizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube