Secretário diz que notificou Ministério da Saúde para ressarcimento de doses da Coronavac

Da Redação. Publicado em 29 de abril de 2021 às 14:50.

Foto: reprodução

Foto: reprodução

O impasse das vacinas continua em Campina Grande. De acordo com o secretário de Saúde do município, Filipe Reul, a cidade sofre com quantitativos menores enviados à cidade e que tem prejudicado a vacinação contra a Covid-19.

Ele informou, em entrevista nesta quinta-feira (29), que as equipes de imunização identificaram falhas nos números das doses, o que, segundo ele, tem atrapalhado o processo de vacinação.

– Identificamos doses a menos na última remessa da Coronavac no lote encaminhado pela Secretaria de Saúde (do Estado). As nossas equipes de imunização perceberam que das dez doses de cada frasco só era possível aspirar oito ou nove doses, o que resultou em menos pessoas se vacinando – explicou.

O secretário disse ainda que notificou o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde para que as doses sejam ressarcidas.

– Já notificamos o Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado para que possamos ser ressarcidos com essas doses, já que foi identificada essa falha nesse quantitativo – afirmou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube