Fechar

logo

Fechar

Paixão de Cristo em Campina. Dom Dulcênio: “Ele nos entregou o Seu Espírito”

Da Redação com Pascom. Publicado em 2 de abril de 2021 às 20:42.

Foto: Pascom/CG

Sexta-feira Santa! Neste dia, a Igreja faz memória da Paixão e Morte de nosso Senhor Jesus Cristo. É um dia de profunda reverência, silêncio, jejum, abstinência e oração. O Altar está despido, sem cruz, sem velas, a atenção é para o mistério da morte de Jesus, na adoração Cruz, um rito próprio desta celebração. 

Com uma Catedral vazia, o bispo diocesano de Campina Grande, Dom Dulcênio Fontes de Matos, presidiu a celebração e falou sobre a vida que brotou da cruz! A celebração foi transmitida pela Rádio Caturité FM (104.1) e pela TV Itararé (canal 18.1). 

Foto: Pascom/CG

A reflexão do bispo foi em torno do mistério que emanou da cruz. A morte de Cristo concedeu ao gênero humano o bem necessário para a salvação, que diz respeito à vida divina pelo Espírito Santo que foi dado a todos. 

Jesus entrega o seu Espírito na cruz, não como um sinal simplesmente de um desfalecimento, mas como um movimento eterno de amor existente na Santíssima Trindade. É, por essa entrega, que Cristo proporciona a redenção a todos.  

“Ele nos entregou o Seu Espírito. Fazendo-o, recria a humanidade, não mais plasmada do barro da terra, como quando da criação do velho Adão, mas no homem novo, modelado pela graça. Este derramamento do Espírito Santo sobre nós é comprovado pelo sangue e pela água que brotaram do peito dilacerado de Cristo em Sua cruz”, refletiu o bispo. 

Dom Dulcênio seguiu refletindo que, a partir da morte de Cristo, com a sua entrega na cruz, um grande dom nos foi concedido: a pertença de filhos de Deus, não mais aprisionados pelo pecado, mas libertos pelo sangue redentor. 

Foto: Pascom/CG

“O Espírito concedido por Jesus na cruz é a síntese de todos os bens outorgados pelo Senhor no Seu desígnio salvador da humanidade. Segundo esta grande oferta, vivamos sabendo que, somente assim, faremos jus ao grande amor que Deus nos cumulou em Cristo, que, movido pelo Espírito Santo nos inspira, com o Seu divino sopro, tão grande dom”, refletiu Dom Dulcênio.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube