Fechar

logo

Fechar

Ministro Marcelo Queiroga:“ O cardiologista sempre enxerga o mundo com os olhos do coração”

Da Redação. Publicado em 16 de abril de 2021 às 19:29.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

“Troquei a cardiologia pelas vacinas, mas o cardiologista sempre enxerga o mundo com os olhos do coração. O povo brasileiro está precisando de vacinas”.

Foi o que declarou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em visita oficial nesta sexta-feira (16), a João Pessoa, capital paraibana, após ter assumido o cargo ministerial.

Ele destacou que chega ao Estado da Paraíba com a recomendação do presidente da República Jair Bolsonaro objetivando inspecionar o atendimento médico do povo nas UTIs e nos hospitais de maneira geral para que o governo federal possa viabilizar mais assistência e, sobretudo, mais recursos na habilitação de leitos para o atendimento de pacientes com a Covid-19, para apoiar os prefeitos e o governador com insumos estratégicos para o sistema de Saúde.

“Claro que há uma dificuldade com esses insumos no mercado internacional, mas com a união de todos haveremos de superar esse momento difícil da Saúde Pública internacional, que o Brasil também está passando”, salientou o ministro.

Em entrevista coletiva, o ministro confirmou ainda a chegada de mais um lote de vacinas ao Estado da Paraíba e que uma de suas preocupações é obter mais vacinas para o povo brasileiro.

“Hoje mesmo chegou à Paraíba mais de 100 mil doses da vacinas”, assegurou.

Queiroga explicou ainda ao ser indago pela imprensa sobre o atraso na imunização no pais, ele ressaltou que o Brasil é um dos países que mais vacina, e que se destaca pela imunização maciça de seus habitantes, sendo o quinto no ranking da imunização.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

“Não há atraso. O que é há é dificuldade da vinda de insumos da China para cá e assim que ela é produzida nas duas indústrias, Butantan e Fiocruz, ela é distribuída para os estados e municípios. Então, eu não posso assumir o compromisso que dia tal vamos enviar tantas doses porque não depende só do Ministério da Saúde, do prefeito ou do secretário da Saúde”, disse.

O ministro afirmou ainda que tem se esforçado diuturnamente para que a capacidade de vacinação do Plano Nacional de Imunização seja atingida.

“Nós temos 37 mil salas de vacinação no Brasil e nelas desde que consigamos o suporte de vacinas necessários, nós conseguimos imunizar2 milhões e 400 mil de brasileiros por dia dias e poucos países do mundo conseguem fazer isso”, completou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube