João Pessoa orienta sobre cuidados para prevenir acidentes com escorpiões

Secom/JP. Publicado em 27 de abril de 2021 às 21:35.

Foto: Divulgação/ Ministério da Saúde

Foto: Divulgação/ Ministério da Saúde

Com o período chuvoso, os cuidados precisam ser redobrados para prevenir acidentes com escorpiões. Como esses animais preferem ambientes mais quentes, com isso, acabam entrando nas casas em busca de abrigo.

Para evitar problemas, a Prefeitura de João Pessoa, através Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses, reforça alguns cuidados que a população deve ter para evitar acidentes.

De acordo com o técnico ambiental do Centro de Zoonoses, José Fernandes, para prevenir o aparecimento de escorpiões nas residências, o ideal é manter os quintais e áreas das casas sempre limpas, sem a presença de entulho, tijolos, telhas, restos de madeiras e lixo, além de outras medidas.

“Nessa época chuvosa, a incidência de picadas de escorpiões é maior, já que o habitat deles está alagado, então eles procuram abrigo nas casas. O mais efetivo é evitar ambientes escuros, úmidos, evitar o acúmulo de telhas, tijolos e restos de madeiras. Outra medida importante é vedar os ralos e portas para evitar a entrada dos escorpiões”, orientou.

Em João Pessoa, a espécie mais encontrada é Tityus Serrulatus, popularmente conhecido como escorpião amarelo. Ele possui hábitos noturnos e é adepto de ambientes quentes e úmidos. Ele se prolifera com mais intensidade durante o verão, mas é na época chuvosa que busca novos locais para se abrigar.

Segundo José Fernandes, as crianças são as mais acometidas com picadas de escorpião. Na maioria dos casos, os sintomas são leves, mas é necessário atendimento médico.

“Quanto menor for a pessoa, maior é o efeito do veneno. Ao ser picado por um escorpião, a pessoa deve procurar imediatamente o Ceatox. Se puder, não mate o escorpião. O ideal é recolhe-lo com um recipiente e levá-lo ao Ceatox”, explicou.

Atendimento – O Centro de Assistência Toxicológica da Paraíba (Ceatox), que fica localizado no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O atendimento no local é feito de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube