Dia de Conscientização do Autismo: conheça serviços voltados para o público pela PMCG

Da Redação com Codecom/CG. Publicado em 3 de abril de 2021 às 7:44.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Nesta sexta-feira, 2 de abril, se celebrou em todo o mundo o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Em Campina Grande, mais do que a campanha social sobre a temática, a Prefeitura Municipal tem estruturado nos últimos anos uma política pública de acesso e inclusão voltada às pessoas com autismo.

Na área da saúde, os Centros de Atenção Psicossocial prestam atendimento às pessoas com autismo, com acompanhamento de psicólogos e psiquiatras. No mês passado, foi inaugurada a nova estrutura do Caps Intervenção Precoce, que dá assistência essencialmente a crianças com transtornos do desenvolvimento.

O Capsinho, como é conhecido na Rede de Saúde Mental do município, fica na Avenida Barão Rio Branco, n. 403, no bairro da Prata. O local atende cerca de 470 crianças e jovens.

O serviço de reabilitação e reinserção social funciona com livre demanda, ou seja, aberto ao público. O local oferece atendimento individual com neurologista, psiquiatra, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, psicopedagogo, terapeuta ocupacional, entre outras especialidades clínicas.

Além do Capsinho, a Secretaria de Saúde também dispõe de outro serviço, o Centro Especializado em Reabilitação, que oferece tratamento completo para crianças com autismo. O CER oferece acompanhamento de Fonoaudiologia, Neurologia, Nutrição, Oftalmologia, Fisioterapia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pedagogia, Pediatria, Psicologia, Serviço Social, entre outros. Isso é fundamental para o desenvolvimento de muitas crianças autistas, já que uma boa parte apresenta comorbidades.

Na área da educação, as crianças com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) têm acompanhamento de cuidadores disponibilizados nas creches e escolas municipais.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Os cuidadores, que também são auxiliadores pedagógicos, dão assistência aos alunos para favorecer o aprendizado nas salas com outros estudantes que não apresentam transtornos do desenvolvimento.

Essa política promove inclusão e estimula o convívio social, que é uma das dificuldades do autista. São mais de 300 cuidadores na Rede Municipal de Educação, que seguem prestando esse serviço nas aulas remotas.

A causa autista é uma bandeira defendida particularmente pelo prefeito Bruno Cunha Lima, que objetiva construir um centro de referência com serviços variados para os autistas. “É uma das bandeiras da minha vida”, disse o prefeito.

No próximo dia 8 de abril, a Prefeitura Municipal de Campina Grande vai realizar o I Encontro Municipal sobre o Autismo, que tem como tema: “Conhecer para Incluir”. Será realizado de forma online e vai reunir várias autoridades, estudiosos e especialistas no assunto. O evento acontece das 18h às 20h30 e será transmitido pelo Youtube oficial da PMCG e TV Maior canal 11.1.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube