Fechar

logo

Fechar

Delegada orienta mulheres em casos de violências sofridas por conta de separação

Da Redação. Publicado em 17 de abril de 2021 às 8:27.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Diversas mulheres diariamente enfrentam dificuldades no processo de separação, principalmente quando existe um histórico de violência doméstica. Por isso, nesta sexta-feira, 16, a delegada da Delegacia da Mulher de Campina Grande, drª Mayra Roberta, repassou orientações para que as mulheres se protejam, caso os homens não reajam bem a esse procedimento.

A delegada enfatizou que independente do tempo que o relacionamento tiver, as mulheres não devem, de maneira alguma, subestimar qualquer tipo de ameaça ou lesão que sofrerem, seja psicológica ou física.

Em sua participação, ela orientou que caso aconteça algo, a vítima deve procurar a delegacia, registrar uma ocorrência e solicitar medida protetiva, para que assim, tenha o mínimo de segurança possível.

“Muitas vezes as mulheres desconsideram as ameaças e acabam surgindo lesões mais graves, chegando até ao feminicídio”, explicou.

Para as mulheres que não acreditam na força da medida protetiva, a delegada explicou que o agressor deve cumprir a determinação dada, e que caso não obedeça, pode ser preso em flagrante sem direito a fiança.

“A mulher deve procurar a delegacia ao primeiro sinal de que ela corre perigo e não deve desconsiderar por menor que seja essa ameaça”, reforçou.

Caso necessitem de ajuda, as mulheres devem ligar para o número 197, da Polícia Civil ou 190, para Polícia Militar.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube