Covid-19: entenda quais os tipos e eficácias dos testes existentes

Da Redação*. Publicado em 14 de abril de 2021 às 9:53.

Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

O biomédico e pesquisador Roberto Júnior detalhou sobre os testes existentes hoje para detectar a presença do novo coronavírus nas pessoas e citou que o “padrão ouro” atualmente é o RTPCR, que é feito através do Swab.

Ele explicou que o RTPCR coleta o material do nariz e da nasofaringe e pode, muitas vezes, cruzar o resultado com outra patologia e dar um falso positivo ou falso negativo. Também disse que esse teste só funciona se for feito entre o terceiro e o décimo primeiro dia de sintoma da Covid-19.

Se passar de 11 dias da infecção pelo novo coronavírus, Roberto frisou que o teste recomendado é o de sorologia, onde há o mapeamento dos anticorpos e é possível saber se o paciente ainda pode transmitir a doença ou se está apenas produzindo anticorpos.

Já o teste de anticorpos neutralizantes é feito apenas em laboratórios e, segundo o pesquisador, é o mais fidedigno, pois aponta a quantidade de anticorpos no organismo do paciente.

Roberto frisou, durante entrevista a uma emissora de rádio local, que, na sorologia, o IGM elevado quer dizer que a pessoa ainda pode transmitir a doença e o IGG elevado quer dizer que o paciente passou da fase de transmissão e está produzindo anticorpos de defesa.

– A partir do terceiro dia até o décimo, décimo primeiro dia, se faz o Swab. Depois disso, é preciso contar quatorze ou quinze dias e o recomendado é fazer a sorologia, onde temos a questão dos anticorpos – disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube