Ciro Gomes: “O Bolsonaro é um cachorro desdentado”

Da Redação*. Publicado em 25 de abril de 2021 às 13:30.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-ministro e presidenciável Ciro Gomes (PDT) concedeu uma ruidosa entrevista ao jornal O Globo, tratando da política nacional e da sucessão presidencial de 2022.

“Quem conhece a política brasileira por dentro, como eu, sabia que o Bolsonaro não comprou o Centrão. O Centrão que comprou o Bolsonaro. Se você viu, o Centrão estava com a Dilma até o último dia; estava com o Collor até o último dia. O Centrão esteve no Governo Fernando Henrique; esteve no Governo do Lula o tempo inteiro.

“O Bolsonaro é um cachorro desdentado. Sabe? Cachorro desdentado, quando é acuado, ele rosna, faz de conta que vai morder, mas na verdade é um frouxo e não morde ninguém.

“Então Bolsonaro tem feito ciclicamente essa tentativa e produz um terror, dá um argumento para essa decrescente base amalucada dele, mas um dia uma parte importante da base dele vai embora, porque está vendo que o Bolsonaro, enfim, ao invés de ser solução, é um criador de problemas.

“Está claro um desfazimento generalizado das diversas camadas onde o Bolsonaro se sustenta e foi eleito. Até a ultradireita está começando a se aborrecer com a incapacidade dele de sustentar a agenda.

“Foi o Lula, que impôs a Dilma, sem nenhuma experiência, que quebrou o país. O que o Bolsonaro fez foi agravar muito dramaticamente esse problema. Alguém pensando serenamente imagina que existiria um Bolsonaro se não fosse a imensa decepção que o PT produziu na economia, na corrupção e na política brasileira? Quem não for fanático sabe.

“A terceira via, o que tem que fazer, é procurar o povo. Propor uma saída concreta, absoluta, mostrar para o povo o que aconteceu no Brasil, quando foi que aconteceu, quem foi o responsável e como nós vamos tirar o país dessa crise.

“Estou conversando com a Rede, que é o partido da Marina (Silva), porque nossa responsabilidade é criar uma base política capaz de estabelecer a base por um projeto nacional de desenvolvimento que venha a responder a tragédia de terra arrasada que o Bolsonaro vai deixar para o próximo presidente do Brasil”.

Ainda Ciro: “O Lula devia sair da disputa eleitoral e se colocar com a responsabilidade de um ex-presidente que foi muito querido pelo povo em um discurso de unidade do país, reconciliação do Brasil (…) Mas é só oportunismo, é só molecagem, é só egoísmo, é só projeto pessoal. Então vamos enfrenta-lo. Vamos enfrenta-lo”.

*com informações de oglobo

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube