Fechar

logo

Fechar

Vereadores opinam sobre projeto de compra de iPhones para parlamentares

Da Redação. Publicado em 30 de março de 2021 às 13:56.

Foto: Ascom

Foto: Ascom [arquivo]

Após a licitação lançada pela Câmara Municipal de João Pessoa para a compra de 35 iPhones com planos ilimitados de internet para os parlamentares, alguns vereadores manifestaram suas opiniões sobre o assunto.

Para o vereador Marcos Henriques (PT), o momento de pandemia e de crise econômica não condiz com esse tipo de projeto. Ele sugeriu que o dinheiro, que seria investido para a compra desses celulares, seja direcionado para a compra de vacinas contra a Covid-19.

– O momento agora é de nos ajudarmos e todos os esforços devem ser voltados para cortar gastos supérfluos para que possamos ajudar a Prefeitura a comprar vacinas – disse.

Outro parlamentar que se posicionou contra a medida foi Tarcísio Jardim (Patriota), que julgou como “gasto desnecessário” a compra de iPhones para os vereadores.

Tarcísio ainda condenou, durante entrevista à Rádio Correio FM, a atitude de muitos órgãos de conceder regalias corporativas a seus integrantes.

– Eu não concordo. Eu não quero nenhum aparelho, eu quero pagar a minha conta e pagar o meu aparelho – colocou.

O vereador Milanez Neto (PV) afirmou que entendeu o projeto, mas não aceitaria o celular. Ele ressaltou que o momento da pandemia é inoportuno para essa medida e destacou que o momento é de observar a sociedade como um todo.

Para o vereador coronel Sobreira (MDB), a ação é “totalmente errada e injusta” e frisou que não se pode afirmar que os órgãos públicos estão em crise.

– Isso tem que cortar, tem que ser banido da administração pública. Eu particularmente uso meu celular e pago a minha conta – pontuou.

A vereadora Eliza Virgínia (PP) se colocou a favor da medida e disse que não é “ilegal e nem imoral, mas sim o que muitas instituições fazem”.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube